terça-feira, 24 de junho de 2008

Cintya "Antena"..."muita calma nessa hora..."

Não posso exigir que as pessoas ao meu redor tenham a mesma "sede" de conhecimentos gerais que eu. Já me decepcionei com isso, achando que era obrigação do mundo, saber as últimas tendências da moda, qual a peça mais vista na semana, as músicas e artistas mais "comprados", qual a empresa de estética mais hype. E me dei conta disso durante uma TPM, a que começou ontem, quando eu disse, num momento de "hormônios descontrolados" (não estou transferindo a minha responsabilidade de sensibilidade para eles, mas foi o que aconteceu) e eu, quando estava empolgada contando sobre meu dia no MAM, pro meu namorado, que além do amor devemos que ter cultura...tudo bem...devemos, mas ele, por seu lado, estava com saudade de mim, e enquanto eu dizia que ele não havia prestado atenção no que eu havia dito e por acaso, eu comentei que estava na TPM e ele disse "Te amo"...pra quê, né??? rsrsrs
Foi ai que eu disse que além do amor devemos ter cultura...mas ele tem, só que naquele momento ele só queria carinho, por ter saído cansado do trabalhoe eu aqui em São Paulo e ele lá em Taboão da Serra...não é longe, mas tb não é nada que se vá e volte rapidamente durante a semana...realmente...acho que preciso parar de exigir que as pessoas sejam "Juvenal Antena" como eu e admitir que ás vezes, várias e várias delas, as pessoas não precisam de conversas profundas, como no "Provocações" do Abujamra, ou serem como se estivesse no "Programa Jô Soares"...uma conversinha gostosa e descontraída do "Sr. Brasil" ou da "HEBE" já são acalentadoras. E vendo pelo lado humorado, que graça ser antenada 24 horas por dia, 7 dias por semana se todos forem também? Mas é treino e necessidade própria, cada um tem suas motivações e num momento de crise (classifico momento de crise, um momento que posso até estar estressada, brigar com alguém, ter meu bodinho espiatório, ou comigo mesma, mas que "rasgo" tabus que eu tenho, coisas que não estão encaixadasainda, e que fazem "clique"). Para concluir a história, tenho um namorado maravilhoso, que entende que ás vezes estou brava (mesmo que eu fique um pouco cruel) e me baixa um "Datena"...mas graças a Deus, na maioria do tempo eu sou a "Hebe" e acho tudo uma gracinha...rsrsrs. E como estou me utilizando de personagens,nesses momentos, quem tem razão é o meu mentor "Juvenal Antena"..."muita calma nessa hora"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Gostaria de saber o que você pensa sobre o assunto =)