domingo, 27 de dezembro de 2009

O que 2009 foi para mim

Nenhum comentário:
Aprendi muitas coisas, daquelas que não se aprendem na escola e nem fazendo cursinhos...

-Que um ex grande amor pode se tornar uma das pessoas que menos fazem sentido hoje, e que até achamos a pessoa vazia, não vemos nada do que viamos (ou queríamos ver) há um tempo atrás, assim como uma ex querida amiga, que falhou com vc, e que ainda queria o título de amizade (!).

-Que o amor da adolescência que me fazia passar mal, de tanta paixão, hoje em dia não me causa nem bocejos.

-Que algumas pessoas que entraram a há muitos anos na minha vida se firmam cada dia mais como meus irmãos.

-Que tem gente que tb conheço há anos, que eu quis ver essas pessoas evoluindo, mas pararam no tempo, sem ver seus defeitos, sem se julgarem para melhorar e conseguir o que tanto almejavam.

-Que pessoas que no início não era tão próximas e eu nem gostava se tornaram grandes companhias e queridas demais.

-Que mesmo com um diploma na mão, os ventos podem mudar, os pensamentos e quereres e estudar novamente pode tornar-se prazeroso e novo.

-Que cursos que eram para a diversão, hoje tornam-se essenciais, necessários.

-Que estereótipos se transformam, como por exemplo o estereótipo de sogra, e amamos quem muita gente preconceituosamente fala mal.

-Que mais valem 20 minutos de conversa, vivência, do que 3.000 horas estudando sozinhos, trancados no quarto.

-Que existe aquele alguém feito para a gente.

-Aprendi que o amor, a tolerância, a raiva, as coisas boas, o amor, a decepção, a angústia, o sorriso frouxo e gostoso, os olhares arrebatadores e todas as coisas que constituem uma vida vivida na realidade existem e que fazem parte de cada um, fazem parte de mim.

Isso e muito mais foi 2009 para mim.

Agora, dia 30, completo 30 anos de vida, em maio me casarei e a vida prossegue. Mais luminosa, mais interessante, mais eu mesma...porque quero continuar estudando, porque terei uma casa minha para cuidar e colocar cada ítem no lugar e ninguém vai tirar, porque preciso a cada dia me polir para tratar melhor a mim mesma e aos que estão ao redor e levar essa vida que é minha e que a cada dia aprendo alguma coisa nova, mesmo quando achava tudo massante e igual.

Aprendi isso tb...as coisas mudam num piscar de olhos. Algumas para pior (isso é o que a gente acha) e outras, muitas outras, visivelmente para melhor.

Lá vem 2010.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Profissões da Moda para Comunicadores

Nenhum comentário:

Além das profissões que requerem formação específica em moda, muitas outras estão relacionadas ao mundo fashion. Confira quais são elas e quanto se ganha:

Assessoria de imprensa

Conceitua, redige e divulga as informações sobre empresas ou profissionais da moda. Pelas suas características, o setor exige especialização do jornalista. Além de conhecer o negócio da moda em profundidade, deve manter uma ampla rede de relacionamentos entre formadores de opinião e jornalistas especializados. A formação básica em jornalismo precisa ser fortalecida com atualização permanente. A expansão da área está diretamente ligada ao crescimento do setor.Remuneração: inicial em torno de R$ 1.500; o profissional experiente pode ganhar mais de R$ 5.000.

Editora de moda

Responsável pelas reportagens de moda em revistas, escreve e coordena o trabalho de fotógrafos e produtores. Além da faculdade de jornalismo, deve ter boa noção de estética, fotografia e história da arte. Como cada publicação precisa de apenas uma profissional, as oportunidades de ocupar um cargo são bem reduzidas.Remuneração: como o cargo exige muita experiência, o rendimento médio situa-se em R$ 4.000.

Fotógrafo de moda

Responsável por concretizar em imagens as concepções que orientam uma seleção de roupas para uma reportagem de moda ou as coleções de uma confecção. O trabalho exige sensibilidade, cuidado estético e capacidade de planejamento, além de grande domínio técnico. A consagração depende de se encontrar um estilo próprio.Remuneração: os cachês para iniciante podem começar em R$ 150,00. Um profissional consagrado negocia seus preços

Jornalista de moda

A consolidação do mercado de moda fez surgir o profissional que se dedica a escrever sobre o tema, da criação ao aspecto econômico. Geralmente, estuda a história da moda e tem preparação para cuidar da parte visual do trabalho jornalístico. O sucesso depende muito de estar ligado no que acontece em outros países, do que já foi moda no passado e da capacidade de avaliar as tendências.Remuneração: salário inicial R$ 1.200. Um profissional de renome pode trabalhar para diversos veículos e ganhar mais de R$ 12.000.

Produtora de moda

Trabalha com campanhas publicitárias, eventos e publicações, selecionando e organizando roupas e acessórios, procurando locações e escolhendo fotógrafo, maquiador e modelos. Sempre há procura por essas profissionais.Remuneração: de R$ 800 a R$ 1.300 por mês para quem está começando. Pode chegar a R$ 5.000.

Produtor de desfile

Desenvolve a idéia e coordena tudo que envolve um desfile. Precisa saber dirigir uma equipe grande (luzes, técnicos, modelos, costureiras, maquiadores) para que tudo seja feito no tempo certo e sem erros. Não existe formação específica para a atividade. Em geral, os cargos são ocupados por profissionais que fizeram teatro, cinema ou TV.Remuneração: o profissional recebe por trabalho, de acordo com o tamanho e a importância do evento. Com uma responsabilidade enorme, um diretor de desfile, se já for conhecido, pode ganhar muito bem. Em contrapartida, muitos jovens, para entrar no mercado, trabalham quase de graça.

Produção executiva de desfile

Função de quem cuida dos detalhes do evento – som, iluminação, organização dos participantes, platéia, infra-estrutura dos bastidores etc.

Fonte: Fashion Insight

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Cada um com seu cada um

Nenhum comentário:
Eu não sei de onde algumas pessoas tiram a idéia de jerico de que pode "rebanhar" a outra (ou outras) e que sua religião é melhor do que a outra que provavelmente a pessoa já segue.

Antigamente tinha a moda dos metidos a besta serem o alvo...quem era um pouquinho mais abastado financeira ou socialmente é que se achava melhor do que os outros. Hoje em dia algo mudou, sinto isso...
Há uma religião neo-cristã, a qual muita gente ingressou (confesso, por sete anos eu fiz parte de uma igreja) e que prega para os seus fiéis que espalhem os mandamentos para toda a criatura que achar na frente.
Engraçado que todo mundo tem defeito, fuma, bebe, vai pra rave, com o perdão do termo "dá pra todo mundo" e por ter entrado pra determinada religião, vira alguém "santificado"...então quer dizer que se a pessoa "na vida mundana", batia, estuprava, roubava e tudo mais...só pq se diz "não mais do mundo" deixou de ter todas essas barbaridades no curriculum vitae??Ah...e algo que me deixou meio passada, mas eu já tinha imaginado..um dia desses, liguei pro trabalho do meu noivo e pedi pro rapaz que atendeu, pra chamar meu noivo, ele brincou e disse que ele não tava mais lá...eu, sabendo que o rapaz "não é mais do mundo", soltei a pérola "tá amarrado!!"...Foi meio programado o que eu disse, pra ver o que ele dizia...imagino que ele foi dormir feliz, pq mais uma alma foi "salva", a minha...simplesmente pq utilizei essa frase retórica, das mais conhecidas.Tudo está no modo de falar, de se expressar...e a "fé vem pelo ouvir" realmente...e algumas pessoas se prendem a palavras que o "homem" falou e criou e se apega aquilo, muitas vezes sem critério.Aprendi na Universidade..."A retórica é a arte de incitar paixões no público pelo ouvir".Mas posso afirmar, por experiência, de que só ouvir e não fazer nada, a vida da gente não muda em nada.
Algo interessante que vi tb é que, por cada religião que "passei" para conhecer, eu tinha a cara da religião.
-Nossa, mas você é budista! Você tem cara de budista.
-Você tem cara de evangélica!
-Vc tem cara de católica.
-Uau...você tem muito cara de espírita.
-Mas vc tem cara de umbandista...
Dá pra ver, e eu me convenci, por essas experiâncias que vivi, que cada um vê o que quer e o que lhe convém.
E só concluindo o meu pensamento:

1. religiões não se explica, se vive...cada um vive a sua, dentro de si.

2.existem milhares de religiões porque existem milhões de pessoas e cada um é diferente do outro.

3.ninguém é melhor do que ninguém, porque os dois dos maiores profetas da humanidade, Jesus Cristo e Sidartha Gautama, sempre pregaram a humildade (por quê existem pessoas que se acham umas melhores que as outras porque tem essa ou aquela religião?)

4.e a frase básica...Deus é um só... (respeitando as outras religiões, pois existem religiões que não tem Deus como centro e nem apenas um deus)

5.e só mais uma coisinha...essa por minha conta...gente, parem de encher o saco uns dos outros e cuidem bem, cada um da sua própria vida(#prontofalei).

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

E não é que é mesmo?? Quiroga tem razão =)

Nenhum comentário:
Melhor não cair na tentação de responder aos boatos sobre você, porque dessa maneira você os fortaleceria. Melhor deixar que as pessoas falem livremente sobre o que não sabem e sobre o que supões, isso passará.

sábado, 28 de novembro de 2009

Nunca é tarde...

Nenhum comentário:
pra ver onde a gente errou e voltar atrás, pedir desculpa a si mesmo e ser feliz para sempre...seu umbigo e você!

Porque somos forçados a sermos simpáticos demais, agradáveis demais...só que uma hora "estoura" a paciência e a gente solta uma "grosseriazinha" ou uma das grandes...

E eu acho importante desculpar a si mesmo...pq eu, particularmente, tenho uma vergonha gigantesca quando falo alguma pérola que não queria dizer...primo por ser educada ao extremo com todo mundo, inclusive quando a princípio não vou muito com a cara.

E aquela culpa fica remoendo e se rebelando dentro de mim. Dai, mesmo ás vezes, sabendo que eu tenho razão e a pessoa mereceu o "coice" eu ficava meio assim...até tinha pesadelo.

Mas agora, quando eu sei que a pessoa mereceu (pq penso mil vezes antes de falar alguma coisa hoje em dia, mesmo coisa boa...isso preciso melhorar em mim) e vem devagar aquele remorso, penso com firmeza e repasso todos os motivos pela pessoa merecer o que recebeu e me desculpo, com a amor, com complacência.

E o mundo continua seu curso, pq antes a pessoa ser colocada "no seu lugar" do que eu ganhar uma gastrite ou coisa pior.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Filosofia de botequim

Nenhum comentário:
Todo mundo sabe melhor da nossa vida...do que nós mesmos. Mas solução pra própria vida não tem.

Pra quê planejar alguma coisa, se algum espírito de porco vai dizer: "vc tem que fazer isso e mais isso"...? Pra que perder horas e mais horas queimando a mufa, planejando, vendo detalhes...se alguém sempre vai saber mais do que vc gosta, do que você...

Vai saber mais do que você o que você tem que fazer do seu casamento, da sua vida, dos seus estudos, da educação dos seus filhos??

É por essas e outras...pelo costume da "filosofia de botequim" que daqui pra frente pouca satisfação vou dar pra quem não interessa, pouca bola vou dar aos filosofadores de plantão.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Reformulando

Nenhum comentário:
Eu queria mudar o nome do blog, mas não sabia qual nome queria...dai pensei em "simples assim", mas já tem um usuário com esse nome...dai pensei em "eu mesma...simples assim"

Algo como uma afirmação...pra pessoas que se entrometem na minha vida, como se eu não soubesse o que quero, para as pessoas que acham que eu sou uma menininha de família, frágil e não conhece a força interior e atitude que eu tenho...

Esse post está a cara de "Quem sou eu" do orkut...mas não dá pra dissociar essas coisas na vida...o orkut, do blog...o blog, da vida...

E aqui estou eu novamente. Talvez eu apague alguns posts...talvez mude mais uma vez de nome, o meu blog...e é isso...o blog está aqui para mostrar quem sou...eu mesma, simples assim...

domingo, 18 de outubro de 2009

O cheiro da "Liberdade"...

Um comentário:
Domingo...um dia que prometia uma bela de uma chuva...mas o sol deu o ar da graça...

Fui eu, no meu dia de "folga" (*não sai com a minha mãe, não vi meu namorado, não falei sobre casamento...), passear...um dia só pra mim.

Estive no bairro da Liberdade e logo ao sair do metrô, atravessando a rua, senti o cheiro específico dos mercadinhos de lá, o que me faz bastante feliz, amo aquele lugar...lembrança de infância, uma das melhores.

Passei na Ikesaki para atualizar meu estojo de esmaltes, tomei um sorvete...
Na Ikesaki: Esmalte Colorama Leite de Coco, Esmaltes Risqué Renda Vidrilho e Renda Paetê, Esmalte Colorama Base preparadora de esmalte, Separador Sheila de dedinhos do pé, Lixa ProArt para modelar as unhas e Luva Higiênica Anti-Germes da Produtos Ideal (essa luva ainda vou testar e em breve coloco meu aval no blog Linda, Leve e Rosa, sobre cuidados e beleza)
Sorvete da Coréia do Norte, de Iogurte e Morango...muito bom. Naquela sorveteria na entrada do Sogo, pela Rua Galvão Bueno.

Fui então para a Avenida Paulista e entrei na FNAC e fiquei umas 2 horas por lá...comprei um pocket book, da Sophie Kinsella...a versão em inglês do qual também estou lendo: "O casamento de Becky Bloom".
O que comprei: "Shopaholic ties the Knot"
Foi um dia ensolarado e muito quente, no qual fiz uma higiene mental ótima, me diverti comigo...rsrsrs...não pensei em casamento, não pensei em contas, não pensei em currículo.

Como dizia Scarlett: "Amanhã será outro dia", mas antes de ontem foi bom demais.
*amo meu namorado, gosto muito de passear e estar em família, não sou uma eremita...que fique bem claro...rsrsrs

As 7 palavras que me libertaram...e me prenderam com amor

Nenhum comentário:
Este post não é ladainha e nem meloso...é uma constatação do bem, da terapia que me fez, verbalizar pro meu namorado como ele é importante para mim...isso na 5a feira...

E eu disse, sem jeito, quase para pegar o ônibus, em plena Avenida Santo Amaro com a Juscelino: "Você é o homem da minha vida"...

E isso mudou meu modo de me portar em relação á insegurança que eu tinha...algo meu mesmo, sabe? Porque ele me dá muita segurança, toda a qual preciso para ser feliz.

Mas eu tinha ainda um ranso, de relacionamentos anteriores, confesso que eu pensava ás vezes, que se outros deram errado, o que esse tinha para dar certo...coisas que a gente não espalha aos quatro ventos e nem mesmo ao pé do ouvido para a melhor amiga...

Mas ás portas do casamento (faltam 7 meses) me dou conta de que faltava só eu soltar um laço...desfazer esse receio e me libertar...e veio, sem pressão, sem exageros...apenas eu, como uma pessoa comum...segurei o rosto dele, olhei nos olhos e disse a frase que me libertou e me deu asas de novo...agora de verdade, num amor pautado na verdade, numa base sólida.

E eu...tranquila e feliz...

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

O dia perfeito pra ficar debaixo do edredom e as imagens copiadas

Um comentário:
Ai, hoje foi um dia péssimo...fui destratada na Tim do Center Norte, uma mulher me empurrou no ônibus e ainda achou ruim, a "culpada" fui eu..ai, sabe aquele dia pra não sair debaixo do edredom??


Dai, agora pouco, estou pesquisando na internet, lendo blogs, vendo umas recomendações que tem no site do Scrap MTV, da Mari Moon e eis que encontro algumas fotos da Capricho que eu editei e coloquei no meu blog, falando sobre a revista...


Os links ai embaixo


O post original, com as fotos editadas por mim:
http://salvealareina.blogspot.com/2009/05/capricho-faz-parte-da-minha-historia.html


O post com as fotos que eu editei (nem créditos tem...super dentro da netiqueta, não é?!)
(preferi tirar o link...pq meu dia foi tão zica, vai que isso tb é. em dias bizarros assim, melhor não abusar, né?)


O por que...eu escrevi esse post em 8 de maio desse ano, o post com as fotos, foi escrito em 31 de julho...quem escreveu antes mesmo???


Tudo bem, a internet é livre, cada um faz o que quiser...mas pelo menos os créditos poderiam ter sido dados. Não é porque meu blog não é super famoso, que não tenho direito de propriedade...tudo bem, á partir de agora, quando eu colocar alguma foto, figura, gif nos meus blogs, vou colocar uma marca d'água...antes assim.


Fui...ver novela pra cair no sono. Hoje, pra mim, já deu!

domingo, 6 de setembro de 2009

Quando eu estou aqui, eu vivo este momento lindo...tanananana...tanana...tananana...

Nenhum comentário:
Tem certas emoções que nem uma "durona" como eu consegue escapar...me pego eu, agora pouco, com lágrimas nos olhos, vendo as fotos do casamento civíl da minha amiga, Kelly, que casou ontem com o Flávio, outro amigo recente querido...

Ah, mas tá bom, esse não é meu blog sobre meu casamento...rsrsrs. Só queria deixar registrado.

Quero falar tb de amizade, mesmo que ainda virtual...há um tempo eu não escrevia meu blog autural, este aqui, mas mandei o convite pra um dos leitores fiéis e ele já me respondeu, o Fábio Santos...amo meus amigos e como disse o Marcelo Tas, a internet nada tem de virtual, ela é real, pois é feita de pessoas...e como completou a Rosana Hermann "as arveres somos nozes"...rsrsr

sábado, 5 de setembro de 2009

Um comentário:
"E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...

Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.

Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.

Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.

Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.

Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.

Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.

Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido.

Deixei de me importar com quem ganha ou perde.

Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.

Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.

Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de"amigo".

Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".

Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser uma tênue luz no presente.

Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais.

Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...

Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade.

E desde aquele dia já não durmo para descansar... simplesmente durmo para sonhar."


Walt Disney

O por que dos porquês

Nenhum comentário:
Eu continuo eu mesma, cada vez mais eu mesma...e faz tempo, deixei esse blog um pouco pra lá...comecei editar um sobre casamento, mais especificamente, sobre o meu.

Só que eu quis voltar e cá estou...mudei nome, mudei layout, mas a essência ainda é a mesma...como eu disse: MAIS EU DO QUE NUNCA.

Agora o Apresentando Cintya Nogueira é o Salve a La Reina.

Porquê?

Por alguns bons motivos...

1.Sempre gostei da frase "Save the Queen" (o nome só édo meu em espanhol, para sair do comum)

2.Meu nome do meio é Regina, traduzindo, Rainha...não, não tenho o rei na barriga, mas gosto da idéia, da aura de aristocracia que envolve a idéia do "Reina"...

3.Deixar meu nome como título do blog dava deixa de me expor para pessoas que tirei da minha vida (calma, porque deram bons motivos...ex namorado, ex amiga, enfim...pessoas que me magoaram, mas que mereceram ficar no passado de vez)

4.Porque nada é mais constante do que a mudança e eu amo mudar, para me entender melhor, pra eu ver as coisas de modos diferentes e "porque quem fica parado é poste" (que frase péssima essa última, confesso)

5.E porque a cada dia mudo, ou melhor, venho mais para a minha essência, tenho deixado cada vez mais de ser aquela que agrada aos outros, para entender o que agrada e faz feliz a mim...

E é isso...bem vindo(a) ao Salve a Rainha...(ou deixem-a em paz)

sábado, 9 de maio de 2009

CAPRICHO faz parte da minha história.

2 comentários:
Comecei ler CAPRICHO quando estava da 5a série, e minha amiga Susana, levava as que a irmã dela assinava, para eu ler...me lembro uma das capas que mais gostei, até hoje...

era sobre a CAPRICHO especial da Disney, com uma foto linda do Mickey em frente ao Castelo da Cinderela

Quando eu estava na 6a série, minha mãe comprava a revista para mim, para eu "não ficar pegando emprestadas as coisas dos outros" como ela costumava dizer...minha primeira CAPRICHO compranda em banca custou CRZn 6.000...sim...6 mil cruzeiros novos...hahaha

Isso era 1992 e eu tinha 12 anos...lembro que a capa era rosa, e se não me engano era a revista que falava sobre o corpo, algo assim...as capas da revista eram lindas, super bem produzidinhas...quando comecei a ler, não tinha esse boom e esse frisson todo em cima das estrelinhas de Hollywood...agora toda quinzena só tem Jonas Brothers (que sinceramente, se fossem brasileiros e de classe média, ninguém ia saber qual deles é qual, de tão carinha comum que eles têm), Miley Cirrus e seus dentinhos de fora, a Selena Gomez...que passa num seriado da Disney Channel, e claro...muito, mas muito mesmo o elenco do High School Music e do filme Crepúsculo...

Na minha época a revista falava de assuntos relevantes, como a primeira vez, relacionamento familiar, literatura, graduação (tenho matérias sobre a profissão Publicidade, que tirei das edições, e estão na minha pastinha nostálgica "I wanna be advertiser"...agora sou...eeeeeehh)Enfim, a CAPRICHO era formadora, mas do que de opinião, ajudadora de formaçãop de caráter e tb de ideiais, estilo de verdade...

Tive por muitos, mas muitos anos mesmo a assinatura e a cancelei há uns 4 anos atrás. Agora só compro quando dá na veneta, direto nas bancas...

Agora o que se vê é muito, mas muito mesmo matérias sobre a vida alheia...sobre os "zé ninguém" ou as estrelas de fora...e as meninas acabam se espelhando nesses estereótipos e não formando suas próprias personalidades.
Mas tá valendo...

E hoje, eu, na Saraiva, entrei para comprar um livro, meu presente salarial do mês...rsrsr (comprei o livro "A viagem de Théo"...em outro post falo mais sobre...), peguei um caderninho para continuar anotando o treinamento da empresa pq o meu acabou e ...PEGUEI UMA CAPRICHO...peguei pq estava com saudade de comprá-la e ver o editorial de moda e as matérias de estilo...na capa, uma das atrizes jovens que mais gosto, a Marjorie Estiano, que tb foi um estímulo para a compra...

No caixa, pagando, a menina anotando meu CPF para pontuar no meu Saraiva Plus, enquanto olha a capa da revista, enquanto passa no leitor de código de barras, diz assim:
"Hum...Capricho..." (com cara de quem diz "Sua quase balzaquiana, vá ler NOVA ou Cláudia")
E eu sem graça, digo, de saia justa..."É pra ler ver moda"
Mas comprei sim, com meu rico e suado dinheirinho, pra ver moda, pra ler as matérias bobinhas, pra recortar e colar na agenda (sim, tenho várias agendas e uma delas é a nostálgica agenda diário, de confissões e colagens de fotos e revistas...)
Bela e formosa sai da Saraiva com a minha revista na minha sacolinha amarela
Leio mesmo...leitura nunca é demais...
E CAPRICHO, com estrelinhas quase apagadas ou dos bons tempos, será sempre CAPRICHO...desde os tempos aureos que minha mãe lia as novelas, desde os tempos que eu sonhava com o leonardo Vieira e o Fábio Júnior...

É, amor a gente não explica...nem pelos ídolos, nem pelas revistas, nem por nada. A gente só ama e essa será uma revista que gostarei de fazer assinatura para minha filha, quando ela quiser...


sábado, 2 de maio de 2009

A boa menina...

Nenhum comentário:

"O bom menino não faz pipi na cama,
o bom menino não faz malcriação,
o bom menino vai sempre á escola,
o bom menino estuda sempre a lição"

E eu...cansei mesmo de ser a pessoinha da música ai de cima, aliás, aprendi que não preciso ser.

E já faz tempo, mas ultimamente tenho deixado bem claro isso.

Uma ex chefe minha, hoje uma querida amiga, me dizia que dava pra ver
no meu rosto quando eu não gostava de alguma coisa...sinceridade á flor da pele.

E não acho um defeito que me atrapalhe, até ajuda.

Poupo palavras quando algo está saindo do tom.

E sinceramente, até quando choro e falo literalmente o que me incomoda,
não tenho conseguido me sentir culpada...e sou muito em paz por isso.

Uma pessoa da minha família tem como seu hobby principal querer me tornar um modelo de pessoa (acho que Dalai Lama ou Madre Teresa)...mas sempre batemos de frente, porque essa possibilidade não existe...porque eu sou eu, ela é ela e fulano é fulano e assim por diante...

O engraçado é que todo mundo (ou pelo menos a maioria das pessoas sãs entendem isso) menos ela (ou entende e faz que não)...

Não, eu não sou toda sorrisos pra algo que me desagrada, não, eu não vou arrumar uma gastrite pra mim, não, eu não sei ser quem não sou, só pra agradar...e sim, eu sei falar não...rsrs.

Mas de verdade, agora sei abdicar de algo que eu não queira ou não possa realizar, uma tarefa que eu não esteja com vontade para cumprir.

O não tem seu lado libertador, recompensador e que de algum modo dá paz, quando, com o tempo, as pessoas vão percebendo que somos simpáticos, mas não estamos disponíveis para viver a vida delas 24 horas por dia, e nem viver a vida como elas "sonham" que devamos viver.

E mais uma coisa que me intriga...sou eu quem faz companhia até ao médico, ao banco, ao shopping, ao supermercado, faço diversas gentilezas e companhia...porque eu sou a ruim e as pessoas falsas e que não se dispõem são as boas?? Devo estar ficando louca, os valores devem estar muito confusos, trocados...

"A boa menina faz xixi onde bem entende,
a boa menina fala o que precisa ser dito,
a boa menina vai á escola ao curso que gosta,
a boa menina estuda sempre a lição que mais gosta"

Não...e isso não é egoismo, é cuidar da minha própria vida, e doar-me a mim mesma

Como dizia minha avó...pra essas pessoas que querem nos limitar das nossas vontades, jeito de ser e ideiais :

"Gostou, gostou...não gostou, lambe com sal" =)

sábado, 25 de abril de 2009

Para informar??

Um comentário:

O jornalismo na tv tem servido pra me deixar triste...hoje quase entrei na onda

Acordei bem, e comecei assistindo o Record News...tirei quando vi que estava me contagiando

Só fala de coisa ruim...e quando, raramente fala de algo bom, no final o âncora faz

uma cara blasé, de bunda...

Quando a notícia é "carniceira", fala-se um tempão, com todos os detalhes, focos, ângulos.

Vai ver que é por isso que tem aumentado tanto os canais e programas de religião.

Pelo menos neles, defende-se o ponto de vista de cada um, sem falar de carniçaria e tenta-se manter a fé das pessoas...

Não era um post, era apenas uma constatação e um desabafo.

Vestindo a camisa

Nenhum comentário:
Paixão por voar e servir

Hoje começou o treinamento da turma que estou, na empresa que fui contratada na 6a feira, com o instrutor da TAM.
E confesso, estou encantada com a estrutura da empresa.
Trabalharei na Central de Relacionamento, mas com foco sei que posso conseguir reconhecimento do meu esforço e talento.
Não me lembro, desde que trabalhei na Jafra Cosméticos (isso em Call Center, claro...pq minha experiência em Publicidade é meu xodó e meu objetivo maior) ter gostado tanto de trabalhar nessa área, sentir que vai dar certo, como agora.
Seja para eu construir minha carreira lá ou para fazer meu melhor
enquanto for colaboradora da empresa (o destino só Deus sabe, sempre...).
Estou realmente encantada com o "The Magic Red Carpet"

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Gente nasceu pra brilhar...

Nenhum comentário:
Nunca fui engajada á nenhum projeto social, mas não foi por falta de vontade...

O que faltou (e talvez eu tenha deixado me levar) foi a falta de incentivo, equipe, pessoas próximas que fizessem parte de algum projeto

O mais próximo que cheguei de "lutar pelo social" foi dar aula para crianças carentes, enquanto fazia o Magistério

Já quis fazer parte de ONG's, mas nunca tive retorno dos meus cadastros...daí não sei se entra a grande quantidade de inscritos ou não sei qual outro motivo

Mas tenho interesse sim, ele continua vivo e pronto para eu contribuir com o que aprendi até hoje e aprender muito mais, para continuar dividindo com o próximo

Não porque é bonito, hoje em dia, a "Responsabilidade Social", mas sim, porque desde sempre eu acho que não tem matéria prima mais importante no mundo do que o ser humano...e muitas pessoas são cristais brutos, precisando apenas da lapidação, do "empurrãozinho" para brilharem e darem seu melhor, para serem multiplicadores

Acredito no social e não é para "ficar bonita na foto".

Acredito, pois todo mundo, gente, como diz Caetano, nasceu para brilhar

segunda-feira, 30 de março de 2009

Sex and The City...asaga pela compra do DVD

Nenhum comentário:
Em 28 de outubro do ano passado, saiu nos Estados Unidos, o DVD do filme "Sex and the City"

Aqui no Brasil ainda está em pré-venda...eu ia comprar, aliás só vi em um site, no All DVD, que não conheço e não sei se é idôneo...

Como fã incondicional (do Sex and the City...mas com consciência), eu ia cometer a loucura de gastar 50 reais em algo que nem sei se ia chegar, mas não vou mais...vou esperar para comprar quando sair

Simplesmente pelo fato d'eu achar uma injustiça esse tanto de frescura e burocracia para a venda aqui no Brasil

Talvez, deva-se isso ao fato, de tudo aqui ser envolto em deslumbre, em engrandecimento de pequenas coisas...dar bola pra Calypso, mulheres fruta, celebrização de "Seu Zé Ninguém"...daí quando é algo que realmente vale a pena, é óbvio que não vai se deixar passar a oportunidade de fazer todo esse frisson...

Mas aqui está a capa do filme

Ah, detalhe que nos EUA tem a versão do DVD em Blu-Ray tb...humpf

sábado, 21 de março de 2009

Degustação na doceria...

2 comentários:
Marcelo (meu namorado e noivo) e eu iremos á nossa primeira degustação...essa é a primeira degustação que fazemos de verdade, porque uma vez, há uns dois meses atrás, fomos num "buffet" (que deixou muito a desejar) e como ele relembra, fizemos degustação de Bis branco e suco de limão (porque foi o que ofereceram para nós)...mas amanhã iremos na La Passione Doces, provar e escolher alguns docinhos para a nossa mesa do bolo e dos doces (ah, fiquei noiva...dia 15/03 =) e nosso casamento já está sendo planejado, para sair tudo o mais legal possível)
Vamos começar bem, com doces...esse de cereja ao marraschino é o que me encantou mais até agora, amanhã vou saber se ganha meu paladar tb

quarta-feira, 11 de março de 2009

O sutiã de bojo e o dia 8 de março

Nenhum comentário:

Dia 8 de março...

De manhã, meu namorado me liga e me felicita! Bom pra acordar feliz, pq não importa o motivo, importa o carinho que recebi e recebo dele

Mas o Dia das Mulheres é mais um dia dos "excluídos" e não sei se isso é bom, se é bom comemorar-se por isso

Ah, ser chata pra quê tb, né? Já que a maioria das pessoas deseja felicitações para as mulheres sem saber de onde surgiu esse dia, apenas por comemorar

Se fosse assim, a gente entraria num âmbito de chatisse insuperável, pq dai iríamos classificar a Páscoa, a Abolição, o dia da tartaruga ninja (brinquei, vai...) e etc et etc

Parabéns (ou não!?) atrasado

E particularmente, não curto isso de QUEIMAR SUTIÃ

Os meus são de bojo e não custam barato... =)