terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Cada um com seu cada um

Eu não sei de onde algumas pessoas tiram a idéia de jerico de que pode "rebanhar" a outra (ou outras) e que sua religião é melhor do que a outra que provavelmente a pessoa já segue.

Antigamente tinha a moda dos metidos a besta serem o alvo...quem era um pouquinho mais abastado financeira ou socialmente é que se achava melhor do que os outros. Hoje em dia algo mudou, sinto isso...
Há uma religião neo-cristã, a qual muita gente ingressou (confesso, por sete anos eu fiz parte de uma igreja) e que prega para os seus fiéis que espalhem os mandamentos para toda a criatura que achar na frente.
Engraçado que todo mundo tem defeito, fuma, bebe, vai pra rave, com o perdão do termo "dá pra todo mundo" e por ter entrado pra determinada religião, vira alguém "santificado"...então quer dizer que se a pessoa "na vida mundana", batia, estuprava, roubava e tudo mais...só pq se diz "não mais do mundo" deixou de ter todas essas barbaridades no curriculum vitae??Ah...e algo que me deixou meio passada, mas eu já tinha imaginado..um dia desses, liguei pro trabalho do meu noivo e pedi pro rapaz que atendeu, pra chamar meu noivo, ele brincou e disse que ele não tava mais lá...eu, sabendo que o rapaz "não é mais do mundo", soltei a pérola "tá amarrado!!"...Foi meio programado o que eu disse, pra ver o que ele dizia...imagino que ele foi dormir feliz, pq mais uma alma foi "salva", a minha...simplesmente pq utilizei essa frase retórica, das mais conhecidas.Tudo está no modo de falar, de se expressar...e a "fé vem pelo ouvir" realmente...e algumas pessoas se prendem a palavras que o "homem" falou e criou e se apega aquilo, muitas vezes sem critério.Aprendi na Universidade..."A retórica é a arte de incitar paixões no público pelo ouvir".Mas posso afirmar, por experiência, de que só ouvir e não fazer nada, a vida da gente não muda em nada.
Algo interessante que vi tb é que, por cada religião que "passei" para conhecer, eu tinha a cara da religião.
-Nossa, mas você é budista! Você tem cara de budista.
-Você tem cara de evangélica!
-Vc tem cara de católica.
-Uau...você tem muito cara de espírita.
-Mas vc tem cara de umbandista...
Dá pra ver, e eu me convenci, por essas experiâncias que vivi, que cada um vê o que quer e o que lhe convém.
E só concluindo o meu pensamento:

1. religiões não se explica, se vive...cada um vive a sua, dentro de si.

2.existem milhares de religiões porque existem milhões de pessoas e cada um é diferente do outro.

3.ninguém é melhor do que ninguém, porque os dois dos maiores profetas da humanidade, Jesus Cristo e Sidartha Gautama, sempre pregaram a humildade (por quê existem pessoas que se acham umas melhores que as outras porque tem essa ou aquela religião?)

4.e a frase básica...Deus é um só... (respeitando as outras religiões, pois existem religiões que não tem Deus como centro e nem apenas um deus)

5.e só mais uma coisinha...essa por minha conta...gente, parem de encher o saco uns dos outros e cuidem bem, cada um da sua própria vida(#prontofalei).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Gostaria de saber o que você pensa sobre o assunto =)