sábado, 31 de julho de 2010

Un charmeuse jour

Nenhum comentário:
Fazia muito, mas muito tempo mesmo que eu queria conhecer o Café Hello Kitty no Shopping Center Bourbon. E conheci hoje, num passeio super agradável com a Kell =)

Não tem os "precinhos mais doces do mundo", mas vale muito a pena. Como dizia a minha avó "mais vale um gosto" *rs

Nosso almocinho foi na Roasted Potato, claro...a batata número 16, de Strogonoff com Cheddar e batata palha =)

Depois fomos andar...nossaaa...o que são aqueles "micro" notebooks da Sony...aaaahhhhhh...tem um que é do tamanho de uma agenda de bolsa.

Fomos a Livraria Cultura, ficamos um tempão nas sessões de livros sobre bebês, pedagógicos e revistas...

Depois fomos a Starbucks (que parecia o fã clube do Restart...quanto menino de chapinha...o que é isso?? estou envelhecendo muito??)

Dia tudo de bom.

Um dia encantador **

quarta-feira, 28 de julho de 2010

terça-feira, 27 de julho de 2010

Poema Enjoadinho

Nenhum comentário:

Filhos... Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-lo?
Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como os queremos!
Banho de mar
Diz que é um porrete...
Cônjuge voa
Transpõe o espaço
Engole água
Fica salgada
Se iodifica
Depois, que boa
Que morenaço
Que a esposa fica!
Resultado: filho.
E então começa
A aporrinhação:
Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.
Filhos? Filhos
Melhor não tê-los
Noites de insônia
Cãs prematuras
Prantos convulsos
Meu Deus, salvai-o!
Filhos são o demo
Melhor não tê-los...
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Como saber
Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!
Chupam gilete
Bebem shampoo
Ateiam fogo
No quarteirão
Porém, que coisa
Que coisa louca
Que coisa linda
Que os filhos são!


O texto acima foi extraído do livro "Antologia Poética", Editora do Autor - Rio de Janeiro, 1960, pág. 195.

AINDA ASSIM SEM NOME

Nenhum comentário:

Textinho fofo de hoje:

"VOCÊ AINDA NÃO TEM NOME, POIS É SO DESEJO. SER MÃE. É MEDO, CURIOSIDADE; É VONTADE DE MOSTRAR O MUNDO, DE CRIAR. É VONTANDE DE VER SEU PAI NO SEU MELHOR PAPEL, E SEU AVÓS COM VOCÊ NO COLO. É VONTADE DE SENTIR SUA PELE. DE VIVER ESSE AMOR. VOCÊ AINDA NÃO TEM NOME, MAS TERÁ!"


segunda-feira, 26 de julho de 2010

Delicadezas

Nenhum comentário:
Do animaliciousdiary , indicação do stipje

Guloseimas da mãe

Nenhum comentário:
Desde que casamos e ainda mais depois que o Luck faleceu, minha mãe tem vindo mais aqui em casa.

E ás vezes traz umas comidas gostosas...e ontem olha que veio...

Esse é o brigadeiro de morango que ela faz, que fez o maior sucesso no nosso casamento =)

A "fotografeira" rsrsrs

Nenhum comentário:

sexta-feira, 16 de julho de 2010

2 meses de casados no civil

Nenhum comentário:
E há 2 meses estavamos casando no civil...um sábado frio, muito frio, que começou com um pequeno stress de atraso (ñ nosso, mas isso passou...).
Antes de entrar, ganhei do Marcelo um bouquet fofo de flores artificiais, super bonitinho.
Uma moça estava vendendo na porta do cartório e o meu, então, futuro esposo, comprou pra mim...amo flores, dele, como vêm com amor, pode até ser artificial...mas nada substitui as flores naturais, claro? rsrsrs
Entramos, o juiz leu o papel com os proclamas e blablas...e dissemos SIM.
Padrinhos e madrinhas assinaram, assinamos e trocamos alianças...sim, super fofo o casamento.
Minha mãe disse que quando ela casou não teve nada disso, era meio seco o casamento no civil...teve até o "pode beijar a noiva!" no nosso.
Vou falar por aqui do nosso casamento várias vezes, nós mesmo em casa, quando estamos conversando, gostamos de relembrar como nos conhecemos, como nos encontramos, os pedidos (de namoro, de noivado, de casamento...), nossos casamentos, no civil e religioso.
Nossa...senti uma baita vergonha própria agora, mas realmente "Recordar é Viver" rsrsr...e isso é tão gostoso, lembrar os momentos e saber porque você está com alguém.

S2Parabéns meu amor S2

Ainda estou muito triste com a perda do meu poodle, o Luck (dá uma olhadinha no post anterior), na minha, meio recolhida, mas eu tinha que passar aqui para dar parabéns para mim e para o meu amor, Marcelo, que ás vezes me tira do sério (homens...rsrs), mas cada vez que olho pra ele lembro da certeza que tive ao escolhê-lo para ser meu namorado, meu noivo, meu esposo e futuro pai...e ele tb me escolheu.

Lembro como é bom acordar com ele ao meu lado, como é bom contruirmos essa vida nova juntos.
Beijo, Ci