quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Os fins justificam os meios? Ou justificam alguma coisa?

Sim, tenho 30 anos, nos quais aprendi muito, chorei bastante, amei muito, casei com o amor da minha vida, fiz amigos de verdade, me dei o direito de me livrar dos falsos e estudei pacas.

E ultimamente minha idéia fixa é analisar o que quero fazer da vida...tenho faculdade sim, mas tenho profissão? Pq eu me decepcionei na última empresa que trabalhei...um mundinho fechado, de favores, coisas que não combinam com o que penso da vida.

Fui ao shopping, comprei coisinhas pra mim e gastei o dinheiro que ganhei em uma semana de trabalho, afinal de contas foi um dinheiro "suado", mas que lá não me reconheceram...ou reconheceram, mas mesmo assim beneficiaram a outro (isso é uma outra história).

Mas assim, resumindo...rsrs...sim, sou graduada em Publicidade, que era o sonho dourado da minha vida (ainda gosto da profissão, mas hoje vejo mais claramente, a maioria das pessoas tb entram nessa achando que produzirão filmes maravilhosos e sempre estarão rodeados de pessoas famosas e legais...a realidade é bem outra) mas a vida se resume a isso?

Esse mundo parece que se fecha e apenas alguns conseguem entrar, como se os outros não tivessem talento, só a "panelinha" fosse capacitada a ser publicitário (estou falando sobre publicidade, pois é o nicho que conheço)

Tem muito haver tb com popularidade, com favores, com "puxassaquismos".

E estou, mudando um pouco de assunto, vivendo um pouco isso no meu blog de moda, que já falei aqui. Já fiz inclusive algumas considerações no post anterior.

E dai cá estou eu, querendo dar um tempo no blog lá (dar um tempo, geralmente é dar fim mesmo, né? rsrsrs...pq, vou ser sincera...qdo a gente dá um tempo em alguma coisa, seja amizade, seja blog, nunca volta ser a mesma coisa, se voltar...)

O meu recomeço então foi "empurrado" por decepções. Nos blogs de moda, assim como em publicidade, todo mundo sabe muito, todo mundo entende tudo...

Em publicidade as pessoas sabem mexer no Illustrator e no Photoshop e são "publicitários". Em blogs de moda as pessoas compram, compram pra fazer os "lookbooks" (modos como estão vestidas no dia a dia; algumas gastam o que não tem só pra ficar "bonita" nesse meio), fazem maquiagens mil pra fazer vídeos e "entendem" de moda.

Voltando então no estudo, estudei tanto pra quê? me pego fazendo essa pergunta.

E eu tenho a resposta...estudei tanto para criar cultura e inteligência para eu ser alguém melhor, no mundo e para mim mesma.

Tudo que é firmado na areia não dura, assim como esse monte de blog, esse monte de "publicitário do Illustrator" e tantas outras pessoas, em tantas outras áreas que estão fazendo hora extra no mundo.

Não, esse não é um post de reclamação, não é também de revolta...apenas estou escrevendo algo que acordei pensando e que vinha formulando há algum tempo, o que me auxilia a saber o valor que tenho e que todo sacrifício que fiz tem valor.

É um post que me lembra que um dia esses modismos vão passar, virão outros, que se também não tiverem bases firmes deixarão de existir depois de um tempo. Assim também como amizades e tudo mais.


É isso...fica quem sabe o que está fazendo e porque.

Quanto ao blog de moda, ainda não sei...vou ver o que faço com ele e comento por aqui.

Bjoo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Gostaria de saber o que você pensa sobre o assunto =)