quinta-feira, 30 de setembro de 2010

E eu choro...

Um comentário:

Oie gente! Tudo bom??

Hoje venho falar sobre algo que tem acontecido com maior frequência do que nunca na minha vida...

O choro...sim, choro mais agora...quer dizer, já chorei muito, sempre fui chorona, dai tive a época de ser meio secona (me recuperando de um amor bem mal resolvido...graças a Deus veio o Marcelo adoçar, apaixonar e encantar meus dias, minha vida) e agora, com o nosso amor maior chegando voltei a chorar de novo...rsrsr

Mas estou feliz, muito, fiquem tranquilas.

Os motivos do meu choro é qualquer coisa...geralmente as que passam na tv.

Hoje por exemplo, chorei vendo a "Clô" indo embora do Jardim América (na novela "Passione").

Dias atraz chorei porque vi o comercial da boneca "Chuquinhas" (que foram um must na minha infância) e que foram relançadas.

Hoje de manhã tive vontade de chorar no shopping, vendo a vitrine, com meu esposo, da BMart Baby & Kids no Center Norte e duas vitrines lado a lado montada para menina e outra para menino e aquelas roupinhas....

Se eu comer em frente a televisão então, sinto um nó na garganta e as lágrimas escorrem...

Estou sensível demais, mas quando penso em quem serei como mãe não me vejo como alguém frágil, boba...acho, impressão minha, que serei uma mãe defensora, leoa, justa, amorosa...

Sei lá, essas qualidades todas querem, né?

Por enquanto, do mundo dos sonhos e do sentimentalismo só sobraram minha lagriminhas e meus hormônios se divertindo comigo...

Vc chora muito, chorou muito na sua gestação??

Um beijo, Ci

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Visitinha sem graça + Mêsversário de Casamento + 8 semanas de gravidez

Um comentário:
Oie, tudo bom com vcs??

Em primeiro lugar quero agradecer quem segue meu blog, que são poucas pessoas mas queridas, por ser o meu um blog meio secretinho e que estou divulgando para quem realmente confio, sabe??

Em segundo lugar, quero agradecer a idéia do blog da Taly(www.mamaedeprimeiraviagem2010.blogspot.com) que coloca sinais de mais para escrever vários assuntos por post...realmente vi que gestante tem muuiitoo assunto e precisa de vários mais..."peguei" essa idéia dessa queridinha, pra facilitar os posts.

E agora vamos a vaca fria...hahaha, capítulo "O Juca esteve por aqui"

Na semana passada meu enjoô passou da fase das "ameaças" para o "ataque real" e passei bastante mal antes de sair para trabalhar...

E hoje de manhã acordei bastante enjoada tb. Mas passou, graças a Deus e cheguei na hora no trabalho.

Mas é engraçado...enjoô normal não dá vontade de comer...já o de gestação vi que é diferente...

Logo quando cheguei ao metrô que o Mazzii me deixa para eu ir trabalhar, comprei um lanche de queijo fresco e uma Coca-Cola.

Eu estava morrendo de fome e parecia que eu nem tinha passado tão mal...pois é, coisas estranhas da gravidez...hahaha

Mas eu até entendo porque tive esse enjoô...como não sentia nada que a maioria das mulheres dizem sentir, eu estava meio na dúvida, sabe??

Fiz testes, fui ao médico e etc...mas cadê barriga, cadê sintomas, cadê???

E lá veio o sintomão, pra me provar que um dos meus maiores amores vem chegando e que está mudando meu corpo, meu organismo.


E no dia 22 que passou, meu gatinho e eu completamos 4 meses de casados (não, eu não casei grávida, viram só !? e nossa gravidez foi planejada, com ida ao médico e providências como começar tomar ácido fólico antes da gravidez...rsrs)

Amor da minha vida, que não demorou para chegar, veio na hora perfeita!!



E já que o post também é comemorativo, por nosso mêsversário de casamento, vou falar sobre um assunto que vejo por ai.

Várias pessoas falam que os filhos devem vir depois de determinado tempo (1 ou 2 anos de casados) pro casal curtir bastante...

Sabe, lendo e ouvindo essas coisas, parece que a criança vai "estragar" a vida do casal.

Claro, já ouvi dizer que tem mulher, que o bebê nasce e não tira ele da cama do casal, afastando, diminuindo a intimidade dos dois.

Já ouvi de tudo um pouco...mas eu prefiro acreditar que conta o tempo de namoro, quando já planejavamos ter filhos, mas não dava ainda.

Gosto de lembrar da frase: "Quando o amor não cabia mais apenas em nós dois, traduziu-se em um filho" (algo assim a frase)

Não sei se tem verdade, acredito que tem verdade para cada casal, para cada estilo de vida, para cada tipo de bolso, cada tipo de amor...

Pra nós, nosso bebê é uma benção e vem aumentar nossa família, jovem família! (estou ansiosa pelo primeiro ultrassom...aiaiai)

8 semanas de gravidez

Ainda é cedo para determinar se você terá um menino ou uma menina através de um ultrassom, já que a região genital ainda não está bem formada. Algumas mães, porém, não se aguentam de curiosidade e pagam para realizar um exame de sangue que consegue detectar, a partir deste estágio da gravidez, o sexo do bebê com grande margem de acerto.


Parabéns -- seu embrião foi promovido a feto. Seu útero está crescendo para acomodar o novo hóspede, que agora mede em torno de 1,6 centímetro.


Você está grávida de 8 semanas completas, ou seja, está na nona semana (e chegando ao começo do terceiro mês).

Como seu bebê está crescendo
A pequena cauda que o bebê tinha está desaparecendo, e tantas mudanças já aconteceram que ele não é mais um embrião, mas oficialmente um feto. Este estágio é importantíssimo, porque é nele que os órgãos do bebê estão se formando.

O bebê se movimenta o tempo todo, mas você só vai conseguir sentir alguma coisa daqui a várias semanas. Os braços cresceram e as mãos estão flexionadas nos pulsos, e se juntam sobre o coração.

As pernas estão ficando mais compridas e os pés podem ser longos o suficiente para se juntar na frente do corpo.

Ainda é quase impossível, pelo exame de ultrassom, determinar se você está esperando um menino ou uma menina, mas alguns laboratórios oferecem um exame de sangue que determina o sexo fetal a partir de 8 semanas de gestação, detectando a presença ou ausência de cromossomos Y no sangue da mãe.

Esse tipo de exame não costuma ser coberto pelos planos de saúde.


Como fica sua vida
Você ainda não deve ter engordado muito, mas certas partes do seu corpo estão crescendo.

Menos evidente é o aumento no total de sangue que circula em você; até o fim da gravidez, você terá entre 45 e 50 por cento mais sangue correndo em suas veias, para atender à demanda do bebê. A sobrecarga no seu sistema circulatório pode deixá-la mais sujeita a varizes e hemorroidas.


Dicas úteis
A boa notícia é que você pode comer 300 calorias a mais por dia para sustentar o bebê. A má é que talvez você não esteja lá com muita vontade de comer.

Não se preocupe -- o enjoo deve melhorar em breve. Por causa do aumento do hormônio relaxina no seu corpo, você pode ter de mudar sua alimentação para aliviar a prisão de ventre.

Com tanto enjoo e sono, é provável que você não esteja muito a fim de eventos sociais. Se tiver compromissos e não estiver se sentindo bem, tente adiar ou então descanse bastante para aguentar o tranco.


Um beijo, Ci

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Um médico pra chamar de meu + comendo tudo até o último talo + 7 semanas

Um comentário:
Oie!! Acho que é isso...enquanto esperarmos nosso bicudinho ou bicudinha, através dessas 40 longas semanas, meu blog será sobre o assunto (salvo raras excessões, né?)...rsrsrs

Ontem Mazzii e eu pulamos da cama cedo, com muito, muito esforço...finalmente chegou o dia da minha consulta com o Dr. Sérgio. Ainda não falei muito dele...o Dr. Sérgio Makabe.

Qdo tive aquelas cólicas horríveis e emergencialmente fui ao posto de saúde, fui atendida pelo Dr. Antônio (que minha madrinha gosta bastante do atendimento), mas apesar de ser um excelente profissional e etc etc (não tiro seus méritos) sai do consultório com 1001 dúvidas (como se não bastassem 1000, né? rsrs)

Dai dias depois, a tarde a secretária do Dr. Sérgio me telefonou, para confirmar se eu iria a consulta com ele. Confirmei, sem arrependimento. Só fiquei meio assim de contar pra minha madrinha (ela que conseguiu prontamente o encaixe pra mim na consulta no postinho), mas é minha primeira gestação, não sei nada de nada sobre sintomas, exames, bebês (além de vê-los lindos e crescendo) e eu precisava fazer várias perguntas, daquelas que a gente lê nos sites de perguntas e respostas, mas precisa que alguém em quem a gente confia responda.

Fomos lá (eu, saltitante e contente por dentro. Ah, Marcelo também, mas para homem, médico é médico e servem para dar injeções dolorosas neles e achar doenças...rsrsr. Brincadeira, o Marcelo me entende e entendeu que estou me sentindo melhor assistida pelo Dr. Sérgio), cedinho e aquele trânsito caótico de Zona Norte pela manhã (nem pegar atalho resolveu).

Mesmo saindo cedo, fazendo um percurso super indicadinho, chegamos ás 09h30 (minha consulta era ás 09h00, mas deu tudo certo.)

Dr. nos deu bom dia, aquele bom dia animado de quem está animado para trabalhar e faz o que gosta e nos sentamos na cadeira. Ele leu meu acompanhamento, enquanto fazia alguma anotação também e me pergunta: "Como você está?"

E eu (momento surto-feliz-publicitário-engraçadinho) respondo: "Estou grávida!"

Ele me olha surpreso e começa dizer vários parabéns, pega em nossas mãos e diz que fomos rápidos...parei de tomar o remédio dia 29/07, minha última menstruação teve início dia 03/08 e dia 03/09 foi quando comprei o teste da farmácia e cá estamos nós.

O Dr. então me deu uma listagem enorme de exames (que já colhi no postinho, pq o médico anterior já havia pedido) e me receitou (olha o diferencial aqui) remedinhos para meus "aisss".

Passou remédio para dor de cabeça, para cólicas e para enjoôs.

Disse que não é bom eu ficar tomando água com gás para o enjoô pq ela possui tanto gás carbônico quanto o refrigerante e é isso que não faz bem (o refrigerante, claro, tem o açúcar em excesso também).

Nos falou também que podemos ter relações sexuais normalmente, pq estou grávida e não doente e que também é indicado sim que eu faça hidroginástica, como estava planejando começar (mas acho que vou começar pela esteira, deixar a hidro mais pro alto verão)

Anotou também horários para eu comer e que tipo de alimentos comer.

A enfermeira me pesou e mediu minha pressão. Engordei um pouquinho e ele disse que não tem nada contra mulheres gordas, mas que se uma gestante engorda muito, pode ter pressão alta e diabetes gestacional.

Minha pressão ele disse que está ótima e quanto mais ela se manter baixa, melhor, pois assim irá mais sangue para o bebê.

Estou tranquila agora e sei disso porque não fico mais pensando de 5 em 5 minutos no assunto...rsrsrs

Agora só precisamos resolver quanto ao convênio e aguardar meu primeiro ultrassom.

E continuando o post triplo, sim...o assunto é a COMIDA.

Sinceramente não como feito uma louca e nem tenho vontades bizarras (a única, qdo eu nem sabia que estava grávida e talvez nem seja pela gravidez, foi a vontade de comer chuchu e ovo frito...rs) mas meus horários para me alimentar não são os melhores.

Trabalho num call center e tenho 10 minutos após uma hora de chegada, 20 minutos e mais 10 minutos.

Ontem consegui comer direitinho pq saimos cedo da consulta e meu esposo me deixou próximo a um restaurante que eu almoçava qdo trabalhava no Santander.

Preciso me organizar para almoçar direito, mesmo pq não é todo dia que estou com $ 30 reais para comer em restaurante, né? rs

Mas as coisas estão indo bem, comprei barrinhas de cereal (que inclusive estão fazendo bem para meu aparelho digestivo, que é bem dificilzinho...).

A diferença tenho sentido sim. Antes quando eu sentia fome, enrolava o dia todo e depois nem lembrava mais. Tomava um suco, comia uma bolacha e estava tudo bem...mas a gora, qdo começo sentir fome (geralmente a fome do almoço) parece que é maior do que eu e que preciso comer o mais rápido possível e que seja comida, não bobagens (ainda bem)...preciso comer legumes, arroz, frango, carne, coisinhas sólidas...meu atual "companheiro de prato" é o Brócolis...

Não sei porque o elegi, mas devo ter arquivado comigo que preciso comer legumes verde-escuro e por isso ele entrou na lista.

Até comer pela manhã, que era um problema e me causava um mal danado se eu saisse em seguida, hoje não está mais assim...preciso comer algo sólido (de preferência um pãozinho) e um copo de suco, senão na hora do almoço fico naquele estado de "pessoa que parece que ficou amarrada" que descrevi ali em cima.

Dei uma olhadinha no site da Boa Forma, mas vou pesquisar mais a fundo sobre exercícios e dieta para gestante e compartilho com vocês

Desenvolvimento fetal - 07 semanas de gravidez

O embrião, que agora tem 1,25 centímetro de comprimento -- mais ou menos o tamanho de uma uva --, desenvolveu os dedos da mão e do pé, ainda ligados entre si por uma leve membrana. É um feijãozinho que se mexe o tempo todo e que pula para lá e para cá.

O fígado produz grandes quantidades de glóbulos vermelhos do sangue, até que a medula óssea se forme e assuma essa função. A oitava semana marca o início de um estágio de desenvolvimento bastante movimentado. De agora até a 20a. semana, seu bebê vai crescer rápido, e as partes do corpo que se formaram nas primeiras semanas (como o coração e o cérebro) vão ficar mais especializadas e complexas.

Agora, os dentes e o palato estão se formando, e as orelhas continuam se desenvolvendo. A pele do feto é finíssima, e dá para ver claramente as veias.

Você está em pleno primeiro trimestre, a fase em que muitas mulheres reclamam das dores e dos incômodos comuns da gravidez.

Talvez esteja quase impossível manter alguma coisa no estômago, graças aos enjôos, causados em parte pelos hormônios da gravidez que circulam pelo seu corpo.

É provável que você esteja precisando fazer xixi com muito mais freqüência que o normal -- seu útero está crescendo e pressionando a bexiga, e os hormônios estão afetando o equilíbrio dos líquidos do corpo.

Tudo isso costuma ir melhorando conforme a gestação avança.

• Obs.: Segundo os especialistas, cada bebê se desenvolve do seu jeito - mesmo dentro do útero. O objetivo destas páginas sobre desenvolvimento fetal é dar uma idéia geral de como o feto cresce dentro da barriga.

sábado, 18 de setembro de 2010

6 semanas de gravidez

2 comentários:

Os músculos, ossos e cérebro do bebê estão começando a se formar nesta semana. Mãos e pés mais se parecem com pequenas pás, e o coração bate duas vezes mais rápido que o seu. Embora você só vá sentir alguma coisa daqui a umas nove ou dez semanas, seu filho ou filha já faz os primeiros movimentos dentro da sua barriga.

Como seu bebê está crescendo

Ao final desta semana, seu bebê terá o tamanho de um feijãozinho. Se você pudesse enxergar dentro da sua barriga, veria uma cabeça bem grande e pontos escuros no lugar onde os olhos e as narinas estão começando a se formar.

Os primórdios das orelhas já aparecem, e os braços e as pernas parecem pequenos botões. As mãos e os pés são achatados, e até os dedos já estão se formando. O coração está dividido em câmara direita e esquerda, e bate ao ritmo de 150 batimentos por minuto -- mais ou menos o dobro do ritmo cardíaco de um adulto. Leia mais sobre o desenvolvimento do bebê esta semana.

Como fica sua vida

As pessoas ainda não vêm nenhum sinal das drásticas mudanças que estão acontecendo dentro de você, mas o sono e o enjoo podem atrapalhar sua vida, principalmente porque você pode ainda não ter contado no trabalho que está grávida.

Para compensar, descanse o mais que puder em casa e ao mesmo tempo tente incluir seu parceiro na gravidez.

Trate dormir como uma prioridade, e fale com o médico se o enjoo estiver acabando com você ou se não conseguir segurar nada no estômago. Você achava que as noites conturbadas só começavam quando o bebê nascesse?

Muitas mulheres percebem que o sono já é afetado logo no começo da gravidez. Às vezes a causa é física -- o útero, que está crescendo, pressiona a bexiga, obrigando você a levantar para fazer xixi no meio da noite.

Ou então seus seios podem estar doloridos e você não acha posição na cama, ou ainda você acorda de repente pronta para um ataque noturno à geladeira. Veja nosso guia básico para uma boa noite de sono para conseguir o descanso de que tanto precisa.

Dicas úteis

Desejos! Tente matar a vontade de comer alguma coisa com lanchinhos saudáveis, como palitos de cenoura, salsão ou erva-doce, patês e frutas.

Fonte: Baby Center Brasil

A enjoadinha

Nenhum comentário:
Esses dias tenho tido azia, mas não havia chegado o enjoô...

E ele chegou e minha visão romântica da gravidinha que enjoa, como algo que faz parte da rotina de uma gestante, se foi...até faz, mas não tem nada de romântico não minha amiga.

Affe...estava eu trabalhando, pedindo informações importantes a um cliente e eis que me vem o "embolo" até o alto do peito e me segurei...que horrível...

Pedi socorro para uma colega de trabalho, falei que não estava aguentando de vontade de "soltar o juca" (a forma de dizer é tosca, mas é mais elegante do que a verdadeira...rsrsr)

Ela me disse para tomar goles de água bem gelada.

E lá fui eu, enchi minha garrafinha e enquanto comia umas bolachinhas (ai poxa, eu estava com fome...rs...sou filha de Deus) ia tomando goles da abençoada (literalmente) água geladíssima.

Sou alérgica, tenho uma rinite cruel e minha garganta está arranhando, mas na hora surtiu efeito o truque.

E agora cá estou eu com o "bololô" na garganta de novo...

No trabalho não sei o que fez eu me sentir mal, mas sei que agora até meu desodorante está me fazendo mal. Meu esposo vai precisar comprar um outro desodorante urgentemente...só de pensar, meu estômago já "azeda".

Será que o enjoô vai me acompanhar a partir de agora?? Tomara que não...mas vou contando por aqui.

Beijo, Ci

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Sono no primeiro trimestre da gravidez

Nenhum comentário:
A maioria das mulheres tem dificuldade para dormir em algum momento da gravidez. Saiba o que esperar no primeiro trimestre da gestação, e entenda os motivos das mudanças.

Sonecas e cochilos inesperados

No comecinho da gravidez, é bem provável que você passe o dia com sono. A repentina necessidade de uma soneca é provocada pelo aumento nos níveis de progesterona, fenômeno normal na gestação. Esse hormônio feminino ajuda a controlar seu ciclo reprodutivo. A presença da progesterona pode transformar um dia normal de trabalho numa verdadeira maratona; talvez você fique tão exausta que ache até que está prestes a pegar uma gripe.

O paradoxal é que, apesar de a progesterona fazer você ficar morrendo de sono durante o dia, à noite o hormônio atrapalha seu sono, o que por sua vez faz você ficar ainda mais sonolenta no dia seguinte. Infelizmente, não há muita saída para esse círculo vicioso. O jeito é descansar o máximo que puder, mesmo que não dê para dormir. E aproveitar qualquer oportunidade para tirar aquela tão sonhada sonequinha da tarde.

Dificuldade de arranjar posição confortável na cama

Seus seios doloridos podem dificultar a tarefa de achar uma boa posição para dormir, principalmente se você estiver acostumada a deitar de bruços. Dormir com um sutiã confortável pode trazer algum alívio.
O primeiro trimestre é o momento ideal para você ir se acostumando a dormir do lado esquerdo. Essa posição melhora o fluxo de sangue e de nutrientes para o bebê e para o útero, e ajuda os rins a se livrarem das toxinas e do líquido que se acumulam no corpo. Quanto mais rápido você se acostumar a dormir nessa posição, melhor você vai dormir quando sua barriga começar a crescer.

Como é possível que ainda durante a gravidez você comece a roncar (sim, é verdade), talvez seja o caso de pensar em trocar de lugar na cama com seu companheiro -- para você ficar virada para o lado de fora da cama quando estiver deitada do lado esquerdo e, se possível, ficar mais perto do banheiro.

Vontade constante de fazer xixi

Outra coisa que sabota o seu sono é o crescimento do útero, que pressiona sua bexiga e obriga você a ir se arrastando ao banheiro inúmeras vezes no meio da noite. Experimente reduzir a ingestão de líquidos à noite -- mas não se esqueça de tomar bastante água durante o dia.

É só uma fase -- vai melhorar!

Se de repente você ficar presa no círculo vicioso de noites em claro e dias caindo de sono, lembre que isso acontece com quase todas as grávidas. Explique para todo mundo que você precisa dormir e durma -- nem que seja só aquele cochilo gostoso de depois do almoço nos fins de semana.

É normal que os três primeiros meses da gravidez sejam os mais cansativos para você, mesmo não havendo ainda barriga para carregar. Escute os sinais que seu corpo lhe dá e pegue leve sempre que puder.

Também podem atrapalhar seu sono no primeiro trimestre: os enjôos, os sonhos esquisitos e a fome. É bem comum ter de fazer um lanchinho no meio da madrugada. Não tente enganar o estômago: levante e coma alguma coisa leve. Você vai se sentir bem melhor e -- tomara -- conseguirá dormir um pouco

terça-feira, 14 de setembro de 2010

"Oficialmente" gestante

Nenhum comentário:
Hoje acordei me sentindo grávida de verdade...rsrs

Explico...sim, estamos grávidos, tudo bonitinho e etc. Mas "romanticamente" falando, a imagem de gravidez que temos é a barrigudinha, com batinhas, já comprando coisinhas, que já sabe o sexo do bebê, não é?

No início da gravidez não tem barriguinha redonda (só a pancita de costume...rsrs) nem as comprinhas pro bebê.

Só sei que estou grávida pelo exame que fiz.

Mas hoje de manhã, depois de terminar de me vestir para ir trabalhar, vi que minha calça social não serviu mais em mim (e a usei há apenas um mês para fazer uma entrevista), dentro da minha baby look que eu amo fiquei parecendo um pãozinho...rsrsrs

Dai optei usar minha calça jeans larguinha básica e uma blusinha de malha molinha e mais comprida.

E dai com essa blusa o efeito foi diferente...quanto peito...nossa...rsrsrs. Foi assim que notei mais ainda meus seios maiores.

Eu já havia notado, mas não tanto como hoje. Meus sutiãs estão menores (aliás, "eles" cresceram...rsrsrs).

E hoje sai plena de casa, sem me preocupar muito em "esconder" minha barriga. É que estou no período de experiência e se souberem, não renovam meu contrato.

Mas estou plena de saúde, sem enjoôs, estou me adaptando ao trabalho, então não há porque eu deixar o trabalho pra lá.

É claro que se o trabalho atrapalhar em minha gestação ou eu sentir que não estou rendendo o necessário, conversarei abertamente e até quem sabe não ficarei. Mas por enquanto não vejo porque falar sobre o assunto.

Mesmo porque eu acho um desrespeito ter que esconder um filho para garantir uma vaga.

Nenhum dinheiro paga esse momento, seja do primeiro filho ou seja de qualquer que seja ele.

E para iniciar essa minha fase "oficialmente", coloquei aqui uma foto da minha barriga de quando estavamos tentando ainda (vou contar como foi para nós esse período, em breve).

Recortei a foto em volta porque a fiz no banheiro e tinha porta papel higiênico e toalha em volta...rsrsrs.

Nunca tive barriga tanquinho, mas já estou sentindo uma pequena diferença dessa que estou na foto, para a queestou atualmente =)


Beijo, Ci

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Beta HCG positivo!

2 comentários:
Tentei escrever sobre outro assunto, juro que tentei...mas não consegui.

Comecei escrever sobre as Melissas novas da Vivienne Westwood, mas entrando no site não encontrei as imagens que eu precisava para fazer o post.

E cá estou eu, depois do impasse...e depois de quase todos os mais próximos ficarem sabendo.
Vou começar falar do nosso novo xodó, nosso novo amor.

Marcelo e eu estamos grávidos...falo assim pois não sabemos se é menina, menino ou um de cada ou dois de cada um...rsrsrs
Fiquei em dúvida se fazia outro blog apenas para o assunto, mas como é uma das coisas que mais fazem parte e dizem respeito a minha vida, escrevo aqui no Douceur...

Primeira a saber foi minha mãe, depois as primas irmãs dela, Helena e Odete (que também é minha madrinha de crisma).

Depois a mãe e a avó do Marcelo... (nesse meio tempo nossos parentes, os deles e os meus foram sabendo a notícia por multiplicação)

Depois minhas amigas e os amigos do Marcelo.

Tem uma lenda sobre contar só a partir dos 3 meses de gestação, mas contamos para as pessoas próximas.

Hoje pedi pro Mazzii não ficar espalhando, fazendo muitas perguntas pra quem não vai ajudar e só vai "espalhar" negativamente e ele entendeu.
Mas sou abençoada (acho que minha sinceridade ajuda um pouquinho...rsrsrs) e quem eu não quero, não me enche muito o saco sobre as coisas que dizem respeito a minha vida e não quero comentar com determinada pessoa...dai não preciso me esquivar tanto...(sempre tem gente sem noção, mas...)

No mais é orar e deixar a vida, literalmente, acontecer.

Olha as fotos:

teste de farmácia feito dia 03/09/10
cartelinha do anticoncepcional com datas

Beta HCG 04/09/2010


E o primeiro email que mandei para as meninas (conselho da Taly para compartilhá-la publicamente...=) ).

"SENTA QUE LÁ VEM HISTÓRIA...
Sexta fui ao banco pegar dinheiro e me deu uma coisa...comprei um teste de farmácia, o Confirme...A orientação é aguardar 5 minutos para ver uma linha (negativo) ou duas linhas (positivo)...
Fiz o xixizinho e em menos de 5 minutos as duas linhas gritaram...
Lá fui eu esperar 10 minutos para não ter erro...rsrsrsrs
Dai, abro os olhos (sim, esperei o resultado de olhos fechados para conter a ansiedade)e olho para o teste...e lá...AS DUAS LINHAS ULTRA VERMELHAS...isso pq na bula aparece para verificar duas linhas rosas...foi um rosa pink então...rsrsrs
Dai fui trabalhar com aquele "Ué" na cabeça...já "meio" grávida, mas certa de que o resultado só viria com o Beta HCG. Marcelo ficou sem falar nada...a gente só tremia e se olhava com a tal cara de Ué...rsrs
Sábado de manhã tomei meu banho cedo e fomos ao Lavoisier. Eram 10 da manhã e a moça disse que só sairia o resultado á partir das 19h...e pra conter a ansiedade???
Fomos ao supermercado, assistimos filme, almoçamos, dormimos...tudo pra ir se enganando, pra esperar dar o horário.
Chega quase 17h, não aguentamos mais e abri o notebook...corri no site do laboratório pra ver...e lá estava o resultado POSITIVO. Como me disse uma moça , eu estou MUITO GRÁVIDA...rsrsrs
Para a constatação de gravidez, o resultado 25,0 já é suficiente...o meu teste deu 3.082,0!!! rsrs
Ainda não sei se caiu a ficha, pq estou grávida mas estou sem nenhum sintoma...fora o sono gigantesco e a fome gigantesca...semana passada eu sonhei que queria comer ovo frito com chuchu e acordei com vontade. Falei disso pro Mazzii uns 3 dias e a história passou...
Marcelo ficou quieto um tempo, aqui do meu lado, enquanto eu escrevia e lia blogs e o twitter...qdo fui ver, ele estava chorando sem parar...dizendo "vou ser pai", "você está esperando um filho meu". Achei lindo!! =))
Ainda não tive enjoôs, tenho bastante azia, são esses os sintomas por enquanto.
É isso...eu queria te contar URGENTEMENTE...não aguentei esperar pra ser pessoalmente...
Seguem em anexo foto do teste de farmácia e o Beta HCG.
Beijo, Ci
"

Um beijo...rsrsrs (é que acabei de postar o término do email desse jeito, por isso ri)...Ci

sábado, 11 de setembro de 2010

O tempo certo das coisas

2 comentários:
Sabe, eu não acho correto as pessoas ficarem falando "ai, mas tem que ter pelo menos 1 ano de casamento pra começar planejar filhos" e etc etc etc...

É como se fossem colocadas regras no relacionamento com meu esposo, o seu com seu esposo/namorado/rolo...

É como dizer..."olha, só pode dar a mão com uma semana, dar beijo com um mês" e por ai vai.

Para cada um, para cada casal nesse caso há o tempo certo das coisas acontecerem.

Minha avó tinha razão...não se mete a "colher" entre marido e mulher.

Estamos muito felizes com o tempo certo das coisas para nós, pois conversamos muito, nos entendemos e decidimos juntos o "andar da carruagem"...nossa, estou cheia de ditados de antigamente hoje...rsrsr

Vê, esse é um modo de falar que funciona para mim, que eu gosto...e atualizando um pouco mais, como diz Zeca Pagodinho: "cada um com seu cada um" oras.