sábado, 31 de dezembro de 2011

Muito obrigada 2011! Eu te adoro 2012!!

Nenhum comentário:

Eu poderia (e confesso, até ia) fazer uma lista imensa, das coisas que aconteceram em 2011...as ruins, as boas, as maravilhosas, as duvidosas...mas não...não vou fazer listona...só vou dizer uma coisa: MUITO OBRIGADA 2011!!

Por tudo que me trouxe, o que solidificou na minha vida, o que me levou, o que me presenteou e o que me ensinou. Um beijo e não me liga mais =)

QUE VENHA 2012 com suas bençãos sem medidas!!

EU TE ADORO 2012! Nam Myoho Rengue Kyo, Amém, Oxalá e tudo de bom!!

Beijos, Ci

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Enquanto isso, no Facebook do Itaú...

Nenhum comentário:
Será que foi recado pessoal pra mim? =)) #mechamaram



Névoa dourada - Palavras de Osho

Nenhum comentário:


Antes de se deitar, desligue a luz e sente-se na cama. Feche os olhos, relaxe seu corpo e sinta como se todo o quarto estivesse envolvido por uma névoa dourada. Visualize essa névoa ao seu redor durante um minuto. Em poucos dias você vai perceber que seu quarto se tornará luminoso.

Inspire e sinta a névoa dourada sendo inspirada profundamente em seu coração. Seu coração é apenas uma cavidade sendo preenchida por essa névoa dourada. Quando expirar, sinta-a esvaziando seu coração. Não há nada mais dentro dele.

A névoa dourada enche o coração, seu ser interior, e depois o esvazia - exatamente como a respiração. Com a inspiração, você o preenche; com a expiração, você o esvazia.

Faça isso durante cinco a sete minutos e depois se deite. Mas só durma quando se sentir vazio, nunca quando estiver cheio da névoa dourada. Seu sono será diferente. Você sentirá o vácuo, o nada, o não-ser. E pela manhã será como se você estivesse em outro lugar, como se tivesse desaparecido.

Antes de levantar da cama, sente-se durante cinco minutos e repita o processo. Só levante quando se sentir completamente preenchido com a névoa dourada. Retenha-a dentro de si e saia. Durante todo o dia você sentirá uma energia sutil fluindo.

Ao dormir, esvazie o coração; ao levantar, sinta-se preenchido pela névoa. Viva um dia de plenitude e uma noite de esvaziamento.

A etapa seguinte é deixar que a névoa dourada encha e esvazie seu coração: você é um observador. Não é nem uma coisa nem outra: nem dia nem noite, nem vazio nem plenitude - você é apenas uma testemunha.

Osho, em "Uma Farmácia Para a Alma"

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

O dia em que eu não fui ás compras...

2 comentários:
Hoje cedo, já estava eu em pé, já tinha tomado banho e estava suando ás bicas...

Pra quê? Para sair e procurar um vestido para usar no Natal.

Arrumei a bebê, saimos embaixo de um sol terrível, mas até que estava um ventinho, e fomos encontrar minha madrinha no shopping.

Quando cheguei lá, estava fresquinho, o ar condicionado funcionando...mas acho que ele até parou, porque meia hora depois já estava um calor insuportável, milhares de pessoas caminhando e olhando vitrines.

Eu, lá dentro de uma loja, procurando o tal do vestido, que até achei, mas estava muito caro...até ia comprar, mas olhei bem, deixei lá e fui tomar um café e comprar um salgado numa cafeteria que eu gosto.

Acabei me dando conta de coisas tão óbvias, que fui "forçada" a ver, graças ao calor, ás milhares de pessoas perambulando e parecendo zumbis (na ansia de comprarem e sairem com algumas sacolas lá de dentro) e a minha irritação e dor de cabeça aumentando (dor de cabeça mesmo...fiquei com ela por causa do mormaço lá de dentro, acredita?!)

As coisas óbvias que me vem a cabeça e não me deixam querer voltar atrás só por causa de uma data comemotativa:

1.Não, eu não PRECISO de um vestido...tenho diversos no guarda roupa, inclusive que não preciso pagar mais (um absurdo por eles) e que ainda me servem.

2.Não vai fazer diferença alguma eu estar de vestido, shorts, saia, calça legging...está calor de qualquer forma, em algum momen
to vou querer colocar algo mais fresquinho assim que passar a meia noite (agora pensei, nossa...é mesmo...sempre tive essa coisa da meia noite, esperar a meia noite pra jantar, mostrar pra mim mesma que estou bem vestida no Natal). Ah, essa regra vale pra sapatos novos também...passando a famigerada "MEIA NOITE", eu vou tirar os sapatos, provavelmente com salto e vou colocar um chinelinho qualquer.

3.Mais vale um sorriso realmente feliz, espontâneo, com vontade de ser dado, do que aparecer nas fotos com "a tal roupa que comprei praquele natal". Demorei anos pra perceber,
mas não preciso "correr" no Bom Retiro, no Brás, em qualquer shopping que seja, pra procurar desesperadamente pela roupa perfeita pra eu vestir nessas datas, já que se eu estivesse deprimida e triste (o que não é o caso), elas ficariam "feias" em mim de qualquer jeito.

4.Muita gente compra "o vestido", "o sapato" pra aparecer...pra aparecer pra sogra, pra aparecer pros primos, pra aparecer pra mãe (e provar pra mãe que sabe se vestir, e não veste só mulambos)...essa teoria eu acho que se enquadra bem também na compra de presentes...é aquela coisa do "eu te dei tal presente, como eu sou legal...".

5.Do que adianta eu estar com a "roupa do ano" se eu não quiser estar onde eu estiver. Eu estou bem feliz por poder passar o Natal na casa dos meus sogros, então nem vou mais me preocupar em procurar o tal vestido...olha a diferença...as pessoas são queridas, pouca importância tem como estarei vestida. Eles vão gostar de mim de qualquer jeito. Pena eu não ser duas pessoas, senão estaria muito feliz também passando o Natal na casa da minha mãe e das minhas primas (que é pertinho uma da outra)

E no resumo da ópera, mas me vale meu vestidinho dourado, minha sandalinha bege, meu vestidinho florido, minhas Havaianas com estampa (essas peças as quais já tenho e que gosto de usar) do que tentar adornar a coisa de um jeito errado.

O que eu quero dizer, e que disse nesse post todo é que agora eu tenho uma compleição em mim, sou repleta de algo que não tem em nenhuma prateleira pra vender. Notei que deixei de ser emotiva demais, sensível demais, dependente demais e passei a amar, sem que isso tire parte de mim, sem ser egoísta...e isso me completou.

Por isso que meu ser completo é muito mais do que meu guarda roupa cheio, minha sapateira com os lançamentos do ano.

O "vestido do ano e o sapato"estão em minha alma, porque é isso que reflito para quem me vê, o que sou por dentro...feliz.

Nessa época do ano eu já estaria anotando "os planos para o ano que vem" (e precisaria também "daquela" tal agenda, escolhida a dedo...vinda num kit de adesivinhos, canetas coloridas, postit diferentes..), mas já não preciso mais procurar um namorado (nem agenda, ganhei uma inclusive que customizei e não tem nenhuma melhor em papelaria alguma do mundo), encontrei o amor da minha vida (sem aflições e sem incertezas de adolescente), não preciso ficar "to be or not to be" entre ter ou não um filho (tenho uma filha linda, que resolvi na hora certa e Deus me deu a possibilidade de tê-la).

O que vier é lucro, inclusive minha carreira e o trabalho dos meus planos...nada vem até nós enquanto não estamos preparados, isso já diz tudo.

O dia em qua não fui ás compras foi um dia quente, irritante, com dor de cabeça, mas depois que tudo passou e estou em casa, refletindo e compartilhando isso com você, vejo que foi um dos melhores dias do ano...voltei sem vestido, com o dinheirinho na carteira (que também é um detalhe), mas voltei inteira, completa, eu.

Beijos, Ci

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Clube da Carta e mais coisinhas

Nenhum comentário:
Hoje coloquei em dia as cartinhas que recebi, do clube da carta.

Tem carta para a Eglis, para a Alessandra, para a Patrícia (minha amiga secreta, que me tirou na troquinha de Natal organizada pela Dani Magalhães) e também um cartão lindo para a minha amiga secreta.
Estou atrasadíssima com muita correspondência...tem uma pra Marla, uma pra Dani e um pacote especial pra Taly, que tem um ano que estou para mandar...não bem um ano, mas quase.

Comecei fazer quando ela ainda estava grávida e eu tinha acabado de saber que eu estava grávida também. Dai ela ficou doente, perdemos o contato por um tempão, dai eu fui ficando cada vez maior e com mais preguiça (e sem condições de ir comprar as coisinhas pra concluir o trabalho).

Agora estou finalmente terminando...ela deve ate achar que já é lenda urbana o quadrinho, mas é verdade e chega daqui a pouquinho...agora a demora é porque acabei colocando uma tinta em alto relevo que "estragou" a superfície do quadrinho, dai vou precisar refazer essa parte.

Na semana passada eu fiz uma boneca de pano, a primeira que eu fiz na minha vida (depois falo dela)...rrsrsrs.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Achado do dia (roupas!) - Julia Moda Plus Size

2 comentários:
Olha eu aqui "travêis" =))

Então, vim dividir com vocês, o meu achado de hoje...já que quem usa mais do que 44 já é Plus Size (então tá! até parece que o Brasil é país de gente magérrima...até o 48/50 devia ser tamanho "normal", mas voilá...).

É a Julia Moda, que tem três lojas no Brás. Liguei nessa loja pra saber se eles tem calça social, porque preciso já preparar roupa para entrevistas e trabalho no ano que vem.


A moça do atendimento telefônico foi bem precária falando, mas o site é bem legal (tem diversas peças bonitas, espero que tenha na loja também)...só é meio chatinho aquele negócio de já abrir numa tela grandona.

Mas acho que vale a pena...ah sim...a moça confirmou que tem calça do tamanho que quero.

É isso...fica a dica ai.


Lista de desejos bem mulherzinha...

Nenhum comentário:
E esses são alguns dos ítens que estou querendo no momento =))

"Papai Noel, vê se não me esquece!!"

Hoop IV Dourada

Placas Konad para Nail Artist

Relógio grande em "ouro rosado"

Bolsa "Birkin inspired"
Camisas xadrez
Beijo, Ci

Shiboneteria

2 comentários:
Hoje em dia, com tanta informação disponível é muito difícil saber o que escolher e muito, muito fácil copiar...

Mas hoje, vendo as atualizações dos blog's que sigo, vi uma que realmente me chamou atenção, no meu link para blog's do Clube da Carta...

O fashina estava com o título "tô chic, benhê", e eu que adoro essa frase, fui xeretar...

O que encontrei foi muito mais do que "chiquesa" e sim uma coisa maravilhosa, fofa, criativa, um amor. O blog da Shi tem link para a sua lojinha virtual, a Shiboneteria.

Fui em frente e cliquei...o que encontrei foi encantador...ela faz sabonetes artesanais...mas não daqueles basiquinhos, com bonequinhos dentro ou essências...sabonetes profissas, com cara de "não quero usar jamais, MAS QUERO TODOS".

Conheçam a loja e o blog dela:


É esse tipo de menina que me faz ter orgulho de ser menina também e escrever o blog, quando procuro coisas legais de verdade.

Beijo, Ci

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Estou apaixonada pelo cabelo da Marjorie Estiano

Nenhum comentário:





Confraternização Natalina - muito boa

Nenhum comentário:
Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 01 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

Tenho o prazer de informar que a festa de Natal da empresa será no dia 23 de dezembro, com início ao meio-dia, no salão de festas privativo da Churrascaria Grill House. O bar estará aberto com várias opções de bebidas.

Teremos uma pequena banda tocando canções tradicionais de natal...sinta-se à vontade para se juntar ao grupo e cantar! A árvore de Natal terá suas luzes acesas às 13:00. A troca de presentes de amigo secreto pode ser feita a qualquer momento, entretanto, nenhum presente deverá exceder R$20,00, a fim de facilitar as escolhas e adequar os gastos a todos os bolsos.

Boas festas para vocês e suas famílias,
Patrícia
_____________________________________________________________________
Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos
COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 02 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

De maneira alguma nosso memorando de 01 de dezembro pretendeu excluir nossos funcionários judeus! Reconhecemos que o Chanukah é um feriado importante e que costumam coincidir com o Natal, mas isso não aconteceu este ano. De qualquer forma, passaremos a chamá-la de "Festa de Final de Ano". A mesma política se aplica a todos os outros funcionários que não sejam cristãos e àqueles que ainda celebram o Dia da Reconciliação.

Não haverá árvore de Natal. Nada de canções de natal nem coral. Teremos outros tipos de música para seu entretenimento.

Felizes agora?

Boas festas para vocês e suas famílias,

Patrícia
_______________________________________________________________________
Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos
COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 03 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

Com relação ao bilhete que recebi de um membro do Alcoólicos Anônimos solicitando uma mesa para pessoas que não bebem álcool... você não assinou seu nome! Fico feliz em atender o pedido, mas se eu puser uma placa na mesa "Exclusivo para AA", vocês não serão mais anônimos... Como faço então?

Nenhuma troca de presentes será permitida, uma vez que os membros do sindicato acham que R$20,00 é muito dinheiro e os executivos acham que $20,00 é muito pouco para um presente.

NENHUMA TROCA DE PRESENTES SERÁ PERMITIDA, certo?

Patrícia
_______________________________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos
COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 07 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

Eu não sabia que no dia 20 de dezembro começa o mês sagrado do Ramadan para os muçulmanos, que proíbe comer e beber durante as horas do dia.

Talvez a Churrascaria Grill House possa segurar o serviço de bufê até o fim do dia - ou então, embalar tudo para que vocês levem para casa nas marmitas.O que vocês acham disso?

Novidades: neste meio tempo, consegui que os membros do Vigilantes do Peso sentem o mais longe possível do bufê de sobremesas; as mulheres grávidas sentem-se o mais perto possível dos banheiros; teremos assentos mais altos para pessoas baixas e comida com baixa-caloria estará disponível para os que estão de dieta.

Nós não podemos controlar a quantidade de sal utilizada na comida.

Desta forma, sugerimos para estas pessoas com pressão alta provar o gosto primeiro. Haverá frutas frescas de sobremesa para os diabéticos. O restaurante não dispõe de sobremesas sem açúcar.

Nossas profundas desculpas.

Esqueci de alguma coisa?

Patrícia
_______________________________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos
COMUNICADO PARATODOS FILHOS DA PUTA QUE TRABALHAM NESTA EMPRESA.
Data: 08 de dezembro
Assunto: Festa de Natal DO CARALHO
Vegetarianos!?!?!??! Sim, vocês também tinham que dar sua opinião de merda ou reclamar de alguma coisa!!! Nós manteremos o local da festa na Churrascaria Grill House; quem não gostar, foda-se! Então, como alternativa, seus putos, vocês podem sentar-se quietinhos na mesa mais distante possível da tal "churrasqueira da morte" - como vocês se referiram de forma bastante depreciativa ao utensílio. E vocês terão também sua mesa de saladas de merda, incluindo tomates hidropônicos da casa do caralho & arrozinho grudento pra comer de pauzinho. Aqueles que, naturalmente, ainda não gostaram, podem enfiar tudo no cu.

Ah, espero que vocês todos tenham uma bosta de festa de final de ano!

E que dirijam muito, muito bêbados e morram todos, todinhos esturricados por aí.

Escutaram?

A Vaca, diretamente da puta que os pariu.
_______________________________________________________________________

Dr. Pacheco - Diretor de Recursos Humanos
INTERINO COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 10 de dezembro
Assunto: Patrícia Gomes e Festa de Final de Ano

Tenho certeza que falo por todos desejando para a Patrícia um rápido restabelecimento para sua crise de stress.

Por conta deste fato, a diretoria decidiu cancelar a Festa de Final de Ano e
dar folga remunerada para todos na tarde do dia 23 de dezembro.

Boas Festas,
Pacheco

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Agência de Modelos - Não caia no conto do vigário, por ter sede de fama!! Cuidado!!

Nenhum comentário:

Devido ás constantes perguntas sobre as agências, segue um texto breve abaixo:

Se você está procurando por agência de modelo, seguem algumas dicas:

Pesquise sempre. Veja seus trabalhos, pergunte para algumas modelos que já estão nessa agência a algum tempo, como tem sido o trabalho.

Uma agência:

- Não cobra para entrar e não pede dinheiro para participar de seleções nem concursos.
(Principalmente não vendem camisetas numa tentativa desesperada de sobrevivência - Uma Agência de Modelos séria não é loja de roupas nem confecção, se tiver alguma taxa deve ser obrigatóriamente para custear os gastos no aprimoramento profissional como cursos para formação de modelo e etc aí sim).

- Jamais leva suas agenciadas à participar de platéia de programas de auditório na TV, se acaso a modelo tiver interesse em se tornar uma "macaca de auditório" saiba que esta atividade deve obrigatoriamente ser remunerada, mas nunca constar em seu release para não denegrir sua própria imagem.

- Paga cachê por participação em programas de TV, Teatro ou em qualquer atividade audiovisual, sendo modelo, ator ou atriz, ou ainda figurante. (Não se deixe enganar por falsas promessas de se tornar estrela de televisão, se quiser seguir essa carreira informe-se sobre o melhor curso de teatro, forme-se e tire o DRT, aí sim poderá se tornar um ator ou atriz de sucesso).

- Esta preocupada em conseguir bons modelos e por consequência, arrumar trabalho para eles, gerando serviços e lucro a partir de uma % do trabalho da modelo.

- Não cobra pra entrar e não pede dinheiro para participar de seleções nem concursos. (Talvez exista uma taxa administrativa, pra custear os gastos na procura de trabalhos, cursos para formação de modelo e etc)

- Seu principal intuito é arrumar-lhes trabalho.

- Está preocupada em conseguir bons modelos(Casting) e não em pegar "qualquer pessoa".

- Em teoria deve aceitar material fotográfico de qualidade feito fora da agência.

- Suspeite de situações fáceis, por exemplo, convites vindos de orkut, email ou internet.

- Suspeite de agências de modelos novas(estão no mercado a pouco tempo)

- Suspeite de situações imediatistas.
ex: Temos uma propaganda da Nestlé que é amanhã e preciso de um book seu para enviar aos produtores(estranho de repente ter uma marca tão famosa, justo amanhã, querendo seu perfil, e a agência por incrível que pareça, não quer custear seu material para um trabalho que ela vai sair lucrando um cachê tão alto)

- Visite agências mas não tome decisões precipitadas. Pesquise sempre. Dê tempo ao tempo pois as boas oportunidades surgem no tempo certo.

Certas exigências somente podem ser dadas caso a modelo seja exclusiva desta agência, senão não há o porquê de se exigir certas coisas como por exemplo: "Esta taxa é obrigatória(um valor muito alto)" ou "assine este contrato pois é assim que uma agencia trabalha"


A única preocupação de uma agência é ter modelos com boa formação de expressão, comunicação, e material com qualidade,Seguindo os padrões exigidos pela agência. ex:" queremos fotos de rosto, de corpo inteiro, de biquini , no tamanho 15x21 "

Uma agência séria também faz boas seleções, testes e entrevistas. Uma boa agencia filtra muito bem seus talentos. Não é tão fácil entrar para o cast de uma boa agência, os modelos chegam a ouvir muitos "nãos" mas uma vez entrando em uma boa agencia, é garantido o surgimento de trabalho para o modelo.

Fonte: Fashion Books

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

"NÃO ME IMPORTAR MAIS"

Nenhum comentário:
Já me importei (e bastante) com gente metida a besta (que sempre acha que sabe tudo e os outros são apenas pessoas sem noção, e ficam dando risadinhas pelas costas, fazendo fofoquinha), gente mentirosa (que usa seu nome, sua boa fé, seu amor, sua amizade), gente desonesta (e não falo de político, juiz de futebol, nada dessas coisas distantes...falo do povo do "jeitinho brasileiro", que existem muitos no nosso dia a dia), gente que chora com a barriga cheia (que tem ótimos empregos, uma família linda, amigos maravilhosos, mas tudo isso nunca é suficiente pra pessoa sossegar o faixo), gente que provoca o outro por puro prazer de ser desagradável (aquele que dá cutucada só pra encher o saco, ficar feliz e estragar o dia da gente, sabe??!!)...

Mas é um stress á toa...como se dizia antigamente "queimar vela com defunto ruim".

No topo da lista, entre as 5 prioridades de 2012 está "NÃO ME IMPORTAR MAIS", porque as pessoas que valem a pena existem.

Pras outras, não vou eliminar do orkut, do facebook, não vou deixar de conversar...apenas vou deixar de "incluir" essas pessoas na minha vida e deixar o barco correr.

A vida tá acontecendo e sem gente idiota é bem melhor, mesmo que esteja lá...como dizia um professor de Psicologia "matar psicologicamente a pessoa".

2012...pessoas lindas de coração, felizes e satisfeitas..."vem ni mim" pra gente continuar a amizade que vale a pena!!

Beijo, Ci

sábado, 29 de outubro de 2011

Perhaps love...uma homenagem no aniversário da minha amiga Luciana!!

Nenhum comentário:
Existem convivências que são forçadas pela necessidade, existem convivências que surgem em momentos sem nexo e tornam-se grandes amizades...

Uma dessas minhas convivências surgiram exatamente da necessidade de convívio diário, num curso que eu detestava fazer, mas que "já que estava deixei ficar" (sinceramente, até hoje não sei porque fiz Magistério) e sem nexo tornou-se uma das minhas grandes amizades, que hoje só não é minha irmã de sangue, porque não nascemos da mesma mãe, mas é minha irmã de coração, companheira de aventuras, risadas, tensões, segredos (daqueles que 3 horas de telefone e pouco, sabem?!)...

o dia que contamos que estavamos esperando a Maria Luisa

Conheci a Luciana quando eu tinha 15 anos (sem fazer continha ai, hein?!) no curso de Magistério, no Derville Alegretti. Eu havia repetido de ano (já falei que eu nunca soube pq entrei no Magistério, eu vivia, inclusive, com o pessoal do Marketing...então né?! Sou publicitária...olha o sinal..rsrsr. Talvez eu tenha feito o curso só pra conhecer as minhas amigas mesmo.) e lá fui eu de novo pro primeiro...

primeira vez que fomos a casa da Lu e do Djair

A Lu é um ano mais nova que eu e era muito amiga da Meire. Me lembro do dia que vi a Lu e a Meire pela primeira vez, numa sala bagunçada de primeiro dia de aula, onde a professora não controlava a mulherada e ninguém achava onde sentar. Eu era a "gêmea" da Mari (outra grande amiga de vida). Mas os caminhos foram mudando, as semelhanças foram despontando cada vez mais (as "Girafas ao Sol"*...rsrs) e cá estamos nós duas, quase 20 anos de amizade...e ansiosas (ai, eu tb tô...rsrsrs) pela chegada do *Amor da Titia*

No dia 24 de outubro essa querida amiga fez aniversário, mas eu, na correria que foi esse dia (estava quebrando um galho pra família, com meu esposo), nem pude parabenizá-la direito, mandei um sms. E hoje vejo sua mensagem no meu Facebook, que ela ficou emocionada com a mensagem...

festa junina no condomínio da Lu e do Djair. Dona Ana (mãe da Lu, tb é um pouco minha mãe. Adoro ela!)

É disso que eu falo, das verdadeiras amizades, não apenas da boca pra fora...pq hoje em dia é muito fácil "ser amigo" pelas redes sociais...mas uma amiga de verdade não te apoia só dando uma resposta no comentário que você fez, ou se diz sua companheirassa, mas quando o bicho pega mesmo "quedê??".

Por isso que ela é minha irmã, minha amiga, minha companheira de vida, madrinha da minha filha, presença sempre super bem vinda em casa.

no noivado da Luciana e do Djair

E graças a Deus ela fez uma ótima escolha de esposo...o Djair, esposo dela, também é uma pessoa super bacana, que tá no coração, licença total pra estar entre os "best".

Então ai que somos uma família só, não de sangue, mas de coração, de amor de irmãos, companheiros de vida e é o que é real.

noivado da minha amiga

Coisa virtual, parentesco, convivência é outra coisa, é bacana, tá lá...mas amiga no dia a dia, encarando suas chatices, falando abobrinhas, rindo alto feito duas loucas é outra coisa, somos Luciana e eu... =)) sem idolatria, sem estrelismos, sem ciúme...só duas pessoas reais, que cresceram juntas. Eu sou madrinha de casamento dela (no civil e no religioso) e ela é uma das minhas Bridesmaid's (madrinha de honra).

no dia do meu casamento e do Marcelo

Parabéns minha querida amiga, o coração, o ombro e as portas da nossa casa estão sempre abertos para você e sua família!

Beijo! e antes de dar tchau...um clipe em homenagem a minha grande amiga...não consegui me lembrar de outro, porque esse representa minha amizade por ela. Espero que goste Lu! Muito obrigada por sua amizade, por seus conselhos (mesmo os que demorei pra ouvir), pelo compartilhamento de risadas e momentos especiais.


P.S.: "Girafas ao Sol" é porque não gostavamos de fazer Educação Física quando estava muito quente, sol e eu levava pilhas de Revista Nova e Capricho na mochila, levavamos fitas cassete (abafa!) e nossos walkmans (abafa! 2) e ficavamos lendo no banco da quadra. Ah tá, expliquei o porque de "ao Sol"..."Girafas" é fácil...ela tem 1,75 de altura e eu tenho 1,78 =))

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Invenção de moda

2 comentários:
Hoje vou falar sobre algo que faz parte da minha vida, desde que me conheço por gente...a costura.

Parece moda falar sobre isso (de repente todo mundo costura, faz artesanato, pinta e borda...o que eu acho ótimo, pois criou novas fontes de renda e relaxa que é uma belezura), mas eu cresci ouvindo o tec-tec-tec de uma Singer com cabine (alguém ai lembra dela??) e também fazendo todo tipo de artesanato (só ainda não me dei bem com o tricô e com o croché até hj...quem sabe um dia).

E na sexta feira fui a 25 de março com meu esposo e minha pequena. Comprei os presentinhos da minha amiga secreta do grupo criado pela Dani Magalhães e aproveitei, já que estava na Fernando Maluhy (paraíso dos tecidos aqui em São Paulo), me presenteei com meio metro de tecido e meio metro de forro.

Dai ontem eu trouxe a máquina de costura da minha mãe aqui pra minha casa.

Conheço várias meninas, super modernas, fofas, descoladas, de "hoje em dia" que costuram e amam fazer isso...por exemplo a Silvana, minha cunhada-irmã, a Inês, minha amiga de infância...e por ai vai.

Tem o site Superziper, que amo de paixão e que já dei uma "namorada" hoje, porque eu sou uma "costureira da minha cabeça" ou como é chique dizer...sou autodidata =) e não custa ter dicas de quem se esforça pra ensinar a gente a fazer melhor o ofício...ainda mais quando se é "costureira interneteira" feito eu e procura de tudo sobre o assunto.

Tô procurando um livro há algum tempo, que todo mundo diz que é o top da costura..."O grande livro da costura". Se alguém quiser me emprestar, vender, trocar, doar, contar onde tem pra vender...estou aqui!!

Conto para vocês o desenrolar dessa minha invenção de moda (minha avó Guilhermina, desde que eu era pequena sempre disse que eu gostava de "inventar moda" - no sentido de sempre inventar alguma coisa pra fazer...sim, sempre fui inquieta com as coisas iguais, sempre quis dar cara nova pro que já estava batido. E não é que ela estava certa! Ou ela me influenciou com essa frase?? rsrs) =)

Beijos, Ci

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Batizado da Maria Luisa + 1a missa

2 comentários:
Oi meninas...lá venho eu...rsrsr. prometi escrever dia sim, dia não, mas quem disse que já consegui fazer isso?

Tem a bebê, o esposo, o blog de moda, a organização da vida profissional e tantas outras coisas...passear tb faz parte. Dai o tempo fica curto pra tanta coisa, né?

Mas quero dividir com vocês um momento muito feliz e especial nas nossas vidas.

No dia 02 desse mês de outubro batizamos a nossa bebê, que vocês já conhecem, a Dona Maria Luisa.



Os padrinhos são a Luciana, minha amiga há quase 20 anos e o Marcus, amigo de infância do Marcelo. Os escolhemos de comum acordo, claro, mas amamos todos nossos outros amigos e no fundo, no fundo todos são tios e tias da nossa Malusica.

Nosso fotógrafo oficial foi o Djair, esposo da Lu, que pacientemente tirou foto de todos os momentos...da missa anterior ao batizado, do batizado e do almoço na casa da minha sogra.

Quero compartilhar com vocês algumas imagens desse dia (ainda preciso colocar em ordem todas as fotos, essas eu "raptei" do facebook da Dinda).

Muito importante lembrar também que a Helena, minha prima-mãe (rsrsr...uma das primas irmãs da minha mãe, que sempre me ajudou muito e na maioria das vezes apoiou minhas maluquices e projetos) é a "madrinha de Maria" da Malu. A "madrinha de Maria" é aquela que consagra o bebê a Maria, mãe de Deus e torna-se responsável a orar pelo bebê para Santa Maria.


E ontem, dia 19 de outubro, foi a comemoração mensal a Santo Expedito, e fomos a missa na Capela Santo expedito do Jaçanã. A missa foi animada com as canções do Brais Oss, missionário e cantor da Canção Nova.

Foi a primeira missa da Malu depois de batizada...e ela, ai gente, nem preciso dizer, "conversou", sorriu pra todo mundo que mexeu com ela na igreja...eu me divirto.

Por enquanto me divirto, mas depois teremos que "cortar" esse costume dela, porque ela é sempre muito simpática com todo mundo, até com quem nã conhece...Taly, quando vai chegar o "momento antipático" dela?? rsrsrs

Santo Expedito, um dos meus santos de devoção.

E sobre a mamãe aqui?! Ai, confesso amigas...me fez muito bem sair de casa, ir a um lugar de oração, dar uma voltinha. Eu estava meio borocoxô e voltei tranquila, em paz novamente =)))

A igreja lotada

Padre Cesar emocionado. Esse padre é o cara! Gosto muito dele. Por sua história e luta de vida.

sábado, 8 de outubro de 2011

Sentadinha + Usando NenêDent + comendo papinhas

5 comentários:
Olhem só essa foto...não é ilusão...rs. Maria Luisa está ficando sentadinha. Nessa foto ela cansou e se esticou nos travesseiros =) Mas ela já fica firme...só que ainda cai pros lados se não tiver apoio. Mas o mais "difícil" ela já está começando fazer.

foto de 20.09.2011

E ela também fica tranquilamente de bruços...isso ela já está fazendo desde 3 meses, mas agora ela tem mais autonomia, firma a cabeça, rola pra ficar de barriga pra cima e vira a cabecinha, como fez nessa foto.

foto de 20.09.2011

Há algum tempo (desde 2 meses e meio) ela está babando muito e tem coçado a gengiva...com o brinquedinho de borracha que fica na cadeirinha de balanço, com a chupeta, com o bico da mamadeira, com as mãozinhas. Dai dia 23.09 compramos o NenêDent e comecei passar na gengivinha dela no dia 24.09, após a mamada. Ela pode estar aflita, coçando, brava, babando...mas é só eu passar o gelzinho na ponta do dedo e ela para tudo e sorri...já deve saber que vem alívio pras gengivas, né? =)

foto de 23.09.2011

E no dia 27.09 compramos as duas primeiras papinhas dela...ainda não fiz em casa, pq não dou diariamente ainda. E dou a papinha apenas no almoço, entre 11h e 13h (dependendo o horário de soneca dela no dia)

foto de 28.09.2011

Comecei dando a papinha salgada e ela comeu bem (claro, com a fralda de boca e um babador no pescoço...rs). Já a papinha doce ela não gostou muito não. Acabei comendo, para não desperdiçar, mais da metade do que coloquei.

Beijo meninas, Ci

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Teste de leites aqui em casa

2 comentários:
Hoje vou falar para vocês sobre nossa experiência com as fórmulas para lactentes, ou mais simples, leite em pó para bebês =)

Primeiramente explico para vocês o porque optamos por dar fórmula a Maria Luisa.

Eu amamentei-a nos três dias que passamos no hospital, quando ela nasceu...chegamos em casa no sábado á noite e meus seios estavam já bastante machucados (isso não é uma regra, meninas, aconteceu comigo).

Marcelo foi a farmácia comprar meu antiinflamatório, que meu GO receitou pós cirurgia cesária.

Como eu não estava conseguindo amamentar a Malu, pedi para ele trazer o NAN (o primeiro que compramos foi o Pro, mas mudamos para o Comfor, que vem com prebióticos que prometem diminuir a cólica)

E assim começamos administrar NAN para a bebê.

Ela estava se dando bem com esse leite, mas meus cunhados recomendaram o BEBELAC que foi muito bom para o filho deles quando era bebê.

A terceira lata que a Maria Luisa tomou foi dessa fórmula, mas para ela não foi bom, ela fez até cocô de bolinha, tadinha...e como ela chorou.

Ficamos nessa única lata de BEBELAC (que não foi bom para ela, mas isso não significa que não seja para outros bebês) da qual aproveitamos apenas a colheirinha (que é melhor que do NAN...rsrs)

Na consulta ao pediatra dela, falei que estavamos dando NAN Pro e ele deixou continuar, só nos orientou mudar para o NAN Comfor (por causa dos prebióticos, que contei pra vocês lá em cima).

E até hoje estamos com ele. Com o NAN 1, que é para bebês de 0 a 6 meses.
Começamos com a lata de 400g, mas como ela se adaptou a ele bem, agora compramos apenas o de 800g todas as vezes.

Faço a mamadeira dela com 120ml e ela mama no peito também (graças a Deus, hoje em dia é um grande prazer e felicidade amamentá-la no peito, sem nenhuma dor...claro, no nosso tempo, do nosso jeito, sem seguir nenhuma ditadura da amamentação exclusiva...cada um com seu cada um).

Maria Luisa mama de 3 em 3 horas, onde eu começo amamentando-a no peito e dai sim complemento com o NAN...agora, ás vezes, ela nem mama todo os 120ml.

Queria compartilhar com vocês nossa experiência com esses leites.

Beijo, Ci

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Nenhum comentário:
Ontem foi o batizado da Maria Luisa. Como muitas de vocês sabem, casei em igreja católica e tenho grande fé em Santo Expedito.

A opção em batizá-la sempre foi algo que eu quis, mesmo antes de ter uma filha, pois sempre aprendi, desde pequena a acreditar em Deus e me guiar por essa fé e que isso é tão grandioso que eu quero que se expanda e proteja aos meus.

Não é nenhuma apologia a fé, mesmo pq eu já conheci outras religiões interessantes e Deus está em todo lugar, nos mínimos detalhes (e já me tirou de cada enrascada, que eu sozinha não teria saído...cada um acredita no que quiser, mas que vale a pena crer Nele, isso não tenho nada de dúvida)


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

"Esvazia bem a bexiga ali, por gentileza!" (ou "Ria da minha vida antes que eu ria da sua")

2 comentários:
No dia 10, sábado retrasado, eu fiz os exames de puerpério, aquele que se faz um período após ganhar o bebê (na realidade logo após os 40 dias, mas fiz só agora, pq o horario do meu médico é concorridíssimo e não sou mais gestante...dai não tem consulta-encaixe, né?!).

Acordei cedo, tomei meu banho, dei banho na Maria Luisa e fiquei esperando minha mãe para ficar com a bebê. Marcelo foi trabalhar sábado cedo...eu já estava ficando tensa, pq o exame tinha horário e eu não sabia se minha mãe lembrava desse detalhe. Enfim ela chegou e lá fui eu...

Varada de fome, em direção ao laboratório (sim, varada de fome, pois eu estava em jejum desde ás 23h30 do dia anterior) e tentando me controlar para não colocar nem uma balinha na boca para não cortar o jejum. Aproveitei nesse dia e fiz também meus exames para levar ao endócrino (depois conto melhor pra vcs isso).

Cheguei lá, a mocinha parecia que tava dormindo ainda...terminou de pegar meus dados e documentos pra preencher a papelada dos exames do dia e falou pra eu ir até o segundo andar, que eu já seria chamada...

Ao chegar no segundo andar eu estava esbaforida (subi no pique, a doida falou que eu já seria atendida). Lá perguntei pra um homem de jaleco branco se era lá mesmo (depois fui saber que ele era o médico...rs).

Ele disse que sim, falou pra eu sentar um pouco, ler uma revista que ele já ia me chamar.

Só que eu e meu ouvido de "lince" (se diz ouvido de tuberculoso, mas acho feio e coloquei de lince mesmo...que seria "olhos de lince". nada como um pouco de liberdade poética.) escutamos meu nome láááá embaixo, de onde eu havia chegado há uns 5 minutos e estava bem reconfortada na cadeira, já com uma revista na mão.

Cruzei de novo com o médico e expliquei meio que correndo que eu fui chamada lá embaixo, perguntei se ele havia escutado meu nome (o "surdo" do médico não ouviu, mas falou pra eu ir relaxada, com calma até lá).

Desci e uma mocinha me esperava na portinha da coleta de sangue, de onde havia me chamado, mas aloka da recepção mandou eu subir pros outros exames. Tudo bem...retirado meu sangue (não vejo problema nenhum, nunca me impressionou tirar sangue, desde pequena), volto eu, esbaforidérrima pro segundo andar...

Dou de cara com o Dr. e ele fala pra eu sentar e ficar tranquila, que seria bom para o exame (se ele não fosse médico de um laboratório sério, eu acharia bizarro o conselho dele, de toda hora me mandar "relaxar"...rs).

Tudo bem...uns 10 minutos depois, eu que tava numa leitura danada, tive que largar lá a abençoada da revista e parti pro exame. Esse médico é o rei do "RELAXA", né?? Mas eu estava tranquila...só que ele queria que eu ficasse "tranquila" a qualquer custo...só faltou me dar gás do riso.

Coloquei o aventalzinho com abertura atrás (quem foi o FDP que inventou essa coisa?) e os dois primeiros foram a Colonoscopia e a Colposcopia, o famoso Papanicolau...eu tava corajosinha, até olhei na tela do computador, minha vida uterina, ao vivo e a cores (LOL)

O mais engraçado nesses exames é o "fingir" estar tudo bem, não ser algo constrangedor e todo mundo (paciente, médico e enfermeira) fazer cara de paisagem...e eu, tentei fingir tão bem que estava fazendo um exame, como se sacasse dinheiro no banco, que comecei cantarolar...affe...quando me dei conta do que estava fazendo, quase dei uma gargalhada...mas consegui me conter (eu estava cantarolando bem baixinho, calma meninas).

Fui então para o primeiro andar, depois desse perrengue de sobe e desce...finge naturalidade e cantarola.

A recepção estava lotada...principalmente por uma família que foi todo mundo (penso comigo porque a família tem que ir em peso ao laboratório, num sábado de manhã frio...pra enchoriçar, só pode, pra fazer farol, chacrinha...). E nessa família tinha uma bebê, lindinha, dos cabelinhos enrolados e ruivos...não me perguntem o nome da bebê, pq ela era linda, já seu nome era meio escalafobético tadinha...não me lembro.

Eu, que estava lendo uma revista Cláudia, a reportagem da Natália Klein de "Adorável Psicose" que eu adoro, me inteirei do assunto da recepção, já que o assunto era bebês novos. Até meu smartphone fez parte da rodinha de conversa, pro povo ver a Maria Luisa na foto.

Nesse meio tempo vem a auxiliar, pega minha ficha e olha na minha cara, com a maior naturalidade do mundo (como se eu não estivesse de jejum completo) e diz: "Esvazia bem a bexiga ali naquele banheiro, por gentileza!"...cada uma que parecem duas =)

Mas lá fui eu, pra não decepcionar a moça e voltei de bexiguinha espremida de tão vazia.

No primeiro andar fui fazer o USG abdominal. Fiquei muito feliz porque o Dr. não encontrou mais nenhum mioma (eu tinha dois pequenos, mas meu GO fez uma gambiarra financeira super simpática e retirou, pra eu não ter que pagar outra cirurgia).

Depois dos exames, fui pra 25 de março buscar os apetrechos pra fazer a lembrancinha de batizado da Maria Luisa (assunto para outros posts)...mas no caminho, parei numa doceria e comprei correndo uma barrinha de cereal Nutri de banana, dois Polenguinhos, um suco de manga da Del Valle e um tubinho de Menthos misto...Senhor, que fome era aquela!? rsrsr

E ai meu lanchinho no metrô, depois da minha manhã atípica no sábado...merecido!

Beijos...ufa..., Ci

domingo, 18 de setembro de 2011

4o mêsversário da Maria Luisa + Pediatra na sexta + Clube da Carta

6 comentários:
Oie meninas! Tudo bem com vocês?

Por aqui tudo tranquilo, graças a Deus =)

No dia 11.09 a Maria Luisa completou 4 meses...JÁ!?

Em pensar que um dia desses eu tava aqui, ansiosa pra ela chegar (ela nasceu com 41 semanas e 5 dias...tá bom pra vcs? rsrs)

E agora a minha menininha brinca sozinha com a caixinha de música do bouncer (cadeirinha de balanço) dela, não tira a mão da boca, baba muuuito, reconhece as pessoas mais próximas, sorri pra quem simpatiza e faz carinha feia pra quem não curte.

Por exemplo, o dia em que fomos a uma pediatra particular e eu não fui com a cara da médica desde que entrei no consultório...e não é que ela chorou a consulta inteirinha?? Coincidência?!

Já quando vai no Dr. Emílio, o pediatra dela, que fica no postinho em Santana, ela ri desde que entra no consultório, ele examina, faz testes de motricidade, auscuta o coração e ela ri o tempo todo. Mas também não tem como não gostar dele. É uma doçura e explica tudo, um milhão de vezes se precisar.

No dia 11, Marcelo, Maria Luisa e eu, depois dele jogar futebol (sim minhazamiga, meu esposo joga bola domingo de manhã...pra mim é madrugada, mas ás vezes até vou, pra agradar, né?!) fomos para a casa da minha mãe, onde almoçamos e cortamos um bolinho de mêsversário pra bebê.

Fazemos isso desde os 15 dias (tá...15 dias foi idéia da minha mãe. Estavamos na concessionária pegando nosso carrinho e minha mãe teve a idéia...parecia o Professor Pardal, com a lâmpada em cima da cabeça. Dai, como o supermercado é do lado, compramos o bolinho pra ela.)

Quatro meses lindos, que resisti bravamente (é como digo, mãe que passa primeiro e segundo mês do bebê bem, firme e forte, faz qualquer coisa...quase um Hércules...rsrs), me encantei, amo cada dia mais, me dedico (apesar de certas criaturas quererem se meter e achar que são melhores que eu que convivo diariamente com ela e conheço seus hábitos, sei como ela é. Sempre tem!) e até resolvi esperar ela completar 1 ano pra eu voltar a trabalhar.

Aqui, assoprando as velinhas com a Malu!!

Olha que bolo mais fofo esse do Mickey S2

E nossa menina, já maiorzinha, claro que quer participar mais e meteu a mãozinha no bolo...rsrsr. É uma figura mesmo!

Olha a cara que ela fez depois que aprontou a arte =)

Nessa sexta levei a bebê ao pediatra (meu esposo foi trabalhar cedinho, dai fomos sozinhas...Maria Luisa, eu e o canguro - assunto pra um próximo post). Ela agora está com 63 cm e 6.850 kg =) Tudo tranquilo, ele disse ate que ela pode comer papinha no almoço. Ele liberou, mas não sei ainda se quero dar outro alimento ainda que não seja o leite. Estou ainda amamentando no peito e complementando com o Nan Comfor 1.

Ah, e estou pensando/planejando escrever no blog com maior regularidade...algo como 2a, 4a e 6a! Vou me policiar e trazer as novidades pra vocês.

E uma dessas novidades é que agora faço parte do Clube da Carta, da querida Fabiana Abud. Preciso de tinta na impressora pra imprimir meu papel de carta e tb o endereço das meninas que vou mandar cartinhas. Uma das participantes é minha cunhada, a Sil.

E esse correio preguiçoso, né? Governo ou seja lá quem for...paguem direito os servidores desse serviço, pq sem ele o mundo para.

Um enorme beijo pra vcs, Ci

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

O bebê de 4 meses

Nenhum comentário:
Escrito para o BabyCenter Brasil


Aprovado pelo Conselho Médico do BabyCenter Brasil

Fome menos frequente

Agora, com 4 meses de idade, seu bebê tem um estômago maior, por isso não sentirá necessidade de se alimentar com tanta frequência -- apenas cinco ou seis vezes por dia. O apetite dele vai diminuindo, e ficando mais parecido com o de crianças maiores e adultos, mas mesmo assim ele continuará engordando e crescendo (embora num ritmo um pouco menor que o dos meses anteriores).

A atenção dele começa a se voltar para outras pessoas e situações enquanto ele mama, e, embora seja ótimo vê-lo entusiasmado e respondendo a novidades, a hora da alimentação pode ficar mais difícil. Se o seu filho se distrai facilmente, tente alimentá-lo em um local bem tranquilo.

Rola para cá e rola para lá

Quando estiver de bruços, o bebê vai levantar a cabeça e os ombros, usando os braços como apoio. Essa "miniflexão de braços" ajudará a fortalecer seus músculos, além de oferecer uma melhor visão do que está à sua volta.

Ele poderá até surpreender você (e a ele mesmo!) rolando de costas para a frente ou vice-versa. Para incentivá-lo, deixe um brinquedo perto do lado para onde ele costuma virar, e quem sabe ele vai querer tentar rolar de novo. Comemore cada tentativa -- ele talvez precise do seu apoio moral, porque novidades tão grandes tendem a assustá-lo.

Já está na hora de começar a dar outros alimentos?

Nos primeiros 4 a 6 meses de vida, o bebê recebe todos os nutrientes de que precisa através do leite materno ou das fórmulas lácteas. Mesmo assim, os pais costumam ficar ansiosos para introduzir logo os alimentos sólidos na dieta infantil. Converse com seu pediatra antes de tomar uma decisão.

A introdução de alimentos (como frutas ou sopinhas) pode até ser considerada, agora que o sistema digestivo está mais desenvolvido e o reflexo de propulsão da língua começa a desaparecer; no entanto, muitos médicos aconselham que se espere até os 6 meses -- a orientação do Ministério da Saúde também é essa.

Esperar um pouco mais para apresentar os alimentos sólidos ao bebê pode reduzir o risco de reações alérgicas, além de garantir que o leite (materno ou fórmula láctea) não seja preterido no cardápio do bebê.

Tudo na boca

O bebê consegue pegar um objeto, mesmo que não na primeira tentativa. Uma vez que tenha posto as mãos em alguma coisa, ele vai estudá-la um pouquinho e, logo depois, vai tentar colocá-la na boca. É possível que você note que ele está babando mais. Alguns bebês começam a ter sinais de dentição já aos 4 meses, mas o primeiro dente geralmente só aparece mesmo após os 5 ou 6 meses.

Estimule seu filho a explorar e brincar com vários objetos, como, por exemplo, uma simples fralda de pano limpa. Veja como ele chupa e segura e amassa o tecido. Dê um chocalho ao bebê para que ele se entretenha com o som.

Neste estágio, um brinquedo em forma de arco com penduricalhos, colocado acima da criança deitada no berço ou no chão, permite que ela descubra o fenômeno de causa e efeito, ao movimentar uma alavanca e fazer um sino tocar. Outro brinquedo excelente para a criança é a água: observe como ela se diverte na hora do banho. Toda aquela molhadeira, afinal, tem fins cognitivos (um bom consolo na hora de arrumar a bagunça -- sem contar o sorriso no rosto dele!).

Brincando sozinho

Nesta etapa, seu filho brinca com os pés e mãos sozinho por alguns minutos. Milagre! De repente você acha que tudo está calmo demais no quarto, vai dar uma olhada e acaba descobrindo que o bebê, que até então precisava de sua atenção para tudo, está se entretendo por conta própria. Quem sabe vai até ser possível voltar a ler o jornal...

Compreensão do papel da linguagem

Especialistas acreditam que aos 4 meses seu filho compreende todos os sons básicos da língua falada em casa. Entre 4 e 6 meses, ele desenvolve a capacidade de produzir alguns sons, tais como "ma-ma" ou "da-da", mesmo que ainda não os ligue à mãe nem a nenhuma outra pessoa. Também consegue participar de jogos de imitação e vai tentar reproduzir algo que você diga.

Estimule a comunicação do seu bebê copiando suas expressões e sons. Ao perceber uma reação quando emite sons e tenta verbalizar alguma coisa, a criança aprende a importância da linguagem e começa a entender o conceito de causa e efeito. Ela passará a notar que o diz faz diferença.

Gosto por muitas cores

Os bebês enxergam cores já a partir do nascimento, mas têm dificuldade em distinguir tonalidades semelhantes, como o vermelho e o laranja. Por isso, eles tendem a preferir preto e branco, ou cores bem contrastantes. Entre 2 e 4 meses, no entanto, a diferença das cores fica mais evidente, e o seu bebê começa a perceber tons mais parecidos.

Ele provavelmente tenderá a gostar mais das cores primárias. Móbiles com essas cores (colocados fora do alcance da criança), pôsteres com cores vivas e livros com ilustrações chamativas despertarão a atenção.

Mais seletivo com pessoas

Aos 4 meses, o bebê pode reagir à sua presença, sua voz e até suas expressões faciais com chutinhos e balançando os braços.

Por volta desta época, seu filho, que até agora provavelmente distribuiu sorrisos a todos que conheceu, começa a ficar seletivo em relação às companhias. Em grandes grupos ou entre pessoas desconhecidas, ele talvez precise de um tempo para se soltar. Dê esse tempo a ele na presença de estranhos ou ao deixá-lo sob os cuidados de alguém. Você também vai notar que, quando está seguro no seu colo, ele fica interessado em interagir com outras pessoas, especialmente crianças mais velhas e barulhentas.

Será que o desenvolvimento do meu filho é normal?

Lembre-se, cada bebê é de um jeito e atinge certos marcos de desenvolvimento físico no seu próprio ritmo. O que apresentamos são apenas referências de etapas que seu filho tem potencial para alcançar -- se não agora, em pouco tempo.

Caso seu filho tenha nascido prematuro, é provável que você observe que ele leva um pouco mais de tempo para fazer as mesmas coisas que outras crianças de idade similar. Não se preocupe, a maioria dos médicos avalia o desenvolvimento de um prematuro conforme a idade corrigida e acompanha seu progresso levando isso em conta.

Em caso de dúvidas sobre o desenvolvimento do seu filho, converse com o pediatra.