Dor pélvica + SPFW

Ontem fui a uma palestra da diretora criativa da Vogue.com no MAM e depois fui buscar meus convites para o desfile de hoje a noite na SPFW. Na subida da Bela Cintra, eu não estav aguentando de dor na pélvis...Senhor...

Tive que pegar um taxi pra descer na Consolação. Deitei qdo cheguei em casa e depois de dar um jeitinho no twitter e no blog do ::Olhar na Moda::

Acordei qdo o Mazziii chegou do trabalho, mas lá estava aquela dor besta...tomei um banho pra dormir e relaxei um pouco...

Acordo hoje e aquela dor imbecil que está me perseguindo ainda está por aqui...quase cancelo minha ida aos desfiles de hoje, por medo de ser algo ruim (credo...até pesadelo eu tive) e por medo de não poder andar, ter que ficar em repouso. Mas li que é recomendado andar sim.

Dai fiquei mais preocupada ainda, pq meu médico é só amanhã...

Tadinho do Marcelo, até provou do meu "mau humor gestacional" pq fez um comentário com sorriso nos lábios...mas ele não fez por mal, eu que estava irritada e tensa...

Dai corri pro Dr. Google e procurei sobre "dor pélvica". Já falei sobre ser importante procurar o médico, mas como era mais urgentinho, procurei aqui.

E a resposta que encontrei me tranquilizou um pouco (satisfeita mesmo, só amanhã, né?)

Espero que seja útil pra vc tb, se passar por esse quadro clínico. Segue abaixo a matéria aue encontrei no site da Weleda. E pra minha "alegria", vi que mulheres com mais de 30 são mais propensas a essa dor chata...pode não parecer, mas tenho 31...rsrsrs

Beijo, Ci

"Dor Pélvica

Cerca de metade de todas as mulheres grávidas sofrem de dor na pélvis de tempos em tempos. Os hormônios da gravidez não apenas enfraquecem as paredes das veias, mas também afrouxam as articulações e ligamentos na área pélvica. Isto cria mais flexibilidade nas articulações, de forma que o bebê terá brevemente mais espaço para poder passar. Portanto, é um fenômeno inteiramente natural que sua pélvis se torne mais frouxa conforme a gravidez progrida, e que isto às vezes possa causar desconforto.

Mas, com algumas mulheres, o fato de que sua pélvis está mais frouxa causa tanta dor que é muito difícil agüentar. Esta condição também é conhecida como dor pélvica ou “instabilidade pélvica”. A ajuda de um especialista médico é essencial. Em qualquer evento, é importante tentar manter a locomoção e não fazer ajustes na forma com que se move.

A dor pélvica não pode piorar como resultado de sua locomoção. Você também não pode se preocupar em danificar nada dentro de seu corpo. A instabilidade pélvica não é tão comum em mulheres com menos de trinta anos. As “mães mais velhas” são provavelmente mais propensas a isso porque os ligamentos que conectam os três ossos principais da pélvis se tornam menos elásticos conforme você envelhece."

Comentários

  1. ESSAS DORES ME PERSEGUIRAM POR MUITO TEMPO, MAS NAO DEIXE DE APROVEITAR OS DESFILES...
    TEM DIAS QUE ELAS ESTAO MAIS FORTE,E OUTROS ELAS NEM EXISTEM MAIS.. RS

    BJUS

    ResponderExcluir
  2. Hummm, ainda nao tive essa dor nao, mas eh bom saber que eh normal e que nao devemos mudar nada na nossa rotina...o dificil deve ser aguenta-la. Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente! Gostaria de saber o que você pensa sobre o assunto =)