quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Do que são feitos os sonhos

Em primeiro lugar quero agradecer as 51 seguidoras do meu blog...uma boa idéia!! rsrs

De pouquinho em pouquinho meu blog vai conquistando novas leitoras, fazendo amizades. E é isso que importa, ser aos pouquinhos, mas ser algo concreto. Muito obrigada!!

E nesse post quero falar outroa assuntos e a verdade é que estou meio sem tempo (e sem vontade genuina) de escrever o blog de moda, estou cansada de ficar procurando o que fazer pra ganhar dinheiro em casa...

E a verdade maior dessas é que estou irremediavelmente amando minha filha como nunca amei ninguém no mundo e aprendendo a ser esposa a cada dia que passa (conviver não é fácil, mas se torna uma delícia quando vai sendo recheado de detalhes legais a dois).

Também que preciso me dedicar mais a minha casa (é, quero aprender a cozinhar) e mais pro meu esposo (o homem que mais amei, amo e amarei na vida) e a minha família que tanto me apoiou e me apoia (fico com preguiça de ir lá na casa da minha mãe e das minhas primas).

Explico...antes, enquanto eu estava grávida, escrever o blog de moda preenchia o tempo que eu ficava sem ter o que fazer e assim me protegia das caraminholas na cabeça de grávida =)

Esse está parecendo (e é) um post daqueles bem mulherzinha...mas...é o que ele é. Um post escrito por uma mulher jovem que ama o mundão de Deus (no domingo retrasado "apresentei" a avenida Paulista pra Maria Luisa), mas que também agora é casada e tem filha.

Já fui clubber, já joguei futebol na escola, já namorei com amigo, já viajei pra longe pra procurar trabalho (longe mesmo...tipo 8 horas...rsrsr). Já fui e ainda sou o que quero ser, mas agora tenho outras prioridades importantes na vida.

Sabe, eu já quis ter loja de artesanato na web e tive...mas não tive paciência pra desenvolver o negócio. Quis montar empresa de eventos, mas fiquei pensando "não tenho paciência pra aguentar noivas" (pq já fui uma e sei bem como é! rsrsrs)...e cheguei a conclusão de que apesar de serem coisas legais, não são pro meu bico (mesmo que eu saiba como desenvolver essas atividades, não me completam 100%)

Eu mudo de idéia ás vezes, acordo eufórica com os cursos que tem no Sebrae, mas quando estou perto de começar um, desisto...como diz o Alvaro Garnero "essa ainda não é a minha Dubai".

O básico disso tudo é que sou livre, e principalmente em Deus, para escrever, postar meus infiniiitttooosss blogs (rsrs) e livre em mim, para ser quem eu quero, cada dia mais.

Ultimamente estou feliz e certa das coisas que estou escolhendo para mim. Decidi a pós graduação que quero e vou fazer (assim que a Malu e a conta bancária estiverem maiorzinhas) e sei pelo menos duas empresas nas quais quero trabalhar, se não rolar em uma, entro na outra, mas já tenho foco, é o que importa.

E sobre os blog's, ah, meus blog's amados...aqui é meu blog pessoal, que comecei falando de mim, quando estava "reconstruindo" quem eu sou, onde tenho compartilhado com vocês há quase um ano e meio sobre minha gestação e agora a minha maternidade...e isso não vai deixar de acontecer, mas ás vezes vou escrever meus devaneios, minhas certezas, minhas paixões (entre elas filmes europeus, religiões - diversas, pq gosto de tentar entendê-las, sem pré-conceitos, publicar meus desenhos, estudo de línguas...sim, estou estudando francês aos pouquinhos pelo bussu.com).

Tenho nada mais nada menos do que 15 blogs inscritos...acho que tenho mais pelo prazer dos nomes que dou do que por escrever em cada um, claro. Meus xodós são o Douceur de Mon Monde, esse blog que vos escrevo e o Olhar na Moda, meu blog de moda, que estou reformulando, tornando mais pessoal, por isso ele está meio paradinho.

Essa sou eu, a Cintya que escreve, que ri, que se irrita (raramente tenho chorado...tenho chorado mais de emoção, de felicidade, graças a Deus.) e que tem amigos maravilhosos, entre eles, meu esposo, o Marcelo e tantos outros que não vou citar o nome pra não cometer injustiça com ninguém.

É isso...a vida, de cada um, é um patchworkão com coisas e interesses variados que se completam, que se entrelaçam e que vão completando a vida e a alma a cada dia.

Queria compartilhar com vocês, não essa mudança (porque não mudei, só estava enrolando pra dar esse up no meu diário virtual) mas sim esse complemento, esse meu escrever sobre outras coisas, pois vocês me dão atenção e são um dos motivos para eu continuar escrevendo e caraminholando coisas para contar pra vocês aqui.

Um beijo e muito obrigada por acompanharem a Cintya mãe, esposa, publicitária, artesã e "fuçadora" de tudo...rsrsrs

É disso que são feitos os sonhos, de felicidade e de complitude. Ou não, cada um tem sua definição, é isso que os fazem tão lindos.

3 comentários:

  1. Ci,
    O que importa é vc estar por aqui, estaremos se seguindo.

    bjo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Cintya!
    Cada dia é uma transformação, por mais que seja lenta e não percebemos de imediato o seu impacto é uma transformação.
    E isso faz com que a gente se "encontre" com nós mesmas nesse mundo e a gente saiba do nosso propósito.
    Vale a pena tentar, por mais que tenhamos um pré-conceito sobre o que queremos fazer, pode ser que estejamos enganadas.
    Se não deu certo, pelo menos você tentou e terá essa bagagem para sempre.

    beijos, Duda

    ResponderExcluir
  3. Cy, é até engraçado como somos parecidas, com a diferença que vc vai lá e mete a cara, faz, e eu fico só imaginando! ahahhahaha

    beijaõ linda!

    ResponderExcluir

Comente! Gostaria de saber o que você pensa sobre o assunto =)