sábado, 29 de outubro de 2011

Perhaps love...uma homenagem no aniversário da minha amiga Luciana!!

Nenhum comentário:
Existem convivências que são forçadas pela necessidade, existem convivências que surgem em momentos sem nexo e tornam-se grandes amizades...

Uma dessas minhas convivências surgiram exatamente da necessidade de convívio diário, num curso que eu detestava fazer, mas que "já que estava deixei ficar" (sinceramente, até hoje não sei porque fiz Magistério) e sem nexo tornou-se uma das minhas grandes amizades, que hoje só não é minha irmã de sangue, porque não nascemos da mesma mãe, mas é minha irmã de coração, companheira de aventuras, risadas, tensões, segredos (daqueles que 3 horas de telefone e pouco, sabem?!)...

o dia que contamos que estavamos esperando a Maria Luisa

Conheci a Luciana quando eu tinha 15 anos (sem fazer continha ai, hein?!) no curso de Magistério, no Derville Alegretti. Eu havia repetido de ano (já falei que eu nunca soube pq entrei no Magistério, eu vivia, inclusive, com o pessoal do Marketing...então né?! Sou publicitária...olha o sinal..rsrsr. Talvez eu tenha feito o curso só pra conhecer as minhas amigas mesmo.) e lá fui eu de novo pro primeiro...

primeira vez que fomos a casa da Lu e do Djair

A Lu é um ano mais nova que eu e era muito amiga da Meire. Me lembro do dia que vi a Lu e a Meire pela primeira vez, numa sala bagunçada de primeiro dia de aula, onde a professora não controlava a mulherada e ninguém achava onde sentar. Eu era a "gêmea" da Mari (outra grande amiga de vida). Mas os caminhos foram mudando, as semelhanças foram despontando cada vez mais (as "Girafas ao Sol"*...rsrs) e cá estamos nós duas, quase 20 anos de amizade...e ansiosas (ai, eu tb tô...rsrsrs) pela chegada do *Amor da Titia*

No dia 24 de outubro essa querida amiga fez aniversário, mas eu, na correria que foi esse dia (estava quebrando um galho pra família, com meu esposo), nem pude parabenizá-la direito, mandei um sms. E hoje vejo sua mensagem no meu Facebook, que ela ficou emocionada com a mensagem...

festa junina no condomínio da Lu e do Djair. Dona Ana (mãe da Lu, tb é um pouco minha mãe. Adoro ela!)

É disso que eu falo, das verdadeiras amizades, não apenas da boca pra fora...pq hoje em dia é muito fácil "ser amigo" pelas redes sociais...mas uma amiga de verdade não te apoia só dando uma resposta no comentário que você fez, ou se diz sua companheirassa, mas quando o bicho pega mesmo "quedê??".

Por isso que ela é minha irmã, minha amiga, minha companheira de vida, madrinha da minha filha, presença sempre super bem vinda em casa.

no noivado da Luciana e do Djair

E graças a Deus ela fez uma ótima escolha de esposo...o Djair, esposo dela, também é uma pessoa super bacana, que tá no coração, licença total pra estar entre os "best".

Então ai que somos uma família só, não de sangue, mas de coração, de amor de irmãos, companheiros de vida e é o que é real.

noivado da minha amiga

Coisa virtual, parentesco, convivência é outra coisa, é bacana, tá lá...mas amiga no dia a dia, encarando suas chatices, falando abobrinhas, rindo alto feito duas loucas é outra coisa, somos Luciana e eu... =)) sem idolatria, sem estrelismos, sem ciúme...só duas pessoas reais, que cresceram juntas. Eu sou madrinha de casamento dela (no civil e no religioso) e ela é uma das minhas Bridesmaid's (madrinha de honra).

no dia do meu casamento e do Marcelo

Parabéns minha querida amiga, o coração, o ombro e as portas da nossa casa estão sempre abertos para você e sua família!

Beijo! e antes de dar tchau...um clipe em homenagem a minha grande amiga...não consegui me lembrar de outro, porque esse representa minha amizade por ela. Espero que goste Lu! Muito obrigada por sua amizade, por seus conselhos (mesmo os que demorei pra ouvir), pelo compartilhamento de risadas e momentos especiais.


P.S.: "Girafas ao Sol" é porque não gostavamos de fazer Educação Física quando estava muito quente, sol e eu levava pilhas de Revista Nova e Capricho na mochila, levavamos fitas cassete (abafa!) e nossos walkmans (abafa! 2) e ficavamos lendo no banco da quadra. Ah tá, expliquei o porque de "ao Sol"..."Girafas" é fácil...ela tem 1,75 de altura e eu tenho 1,78 =))

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Invenção de moda

2 comentários:
Hoje vou falar sobre algo que faz parte da minha vida, desde que me conheço por gente...a costura.

Parece moda falar sobre isso (de repente todo mundo costura, faz artesanato, pinta e borda...o que eu acho ótimo, pois criou novas fontes de renda e relaxa que é uma belezura), mas eu cresci ouvindo o tec-tec-tec de uma Singer com cabine (alguém ai lembra dela??) e também fazendo todo tipo de artesanato (só ainda não me dei bem com o tricô e com o croché até hj...quem sabe um dia).

E na sexta feira fui a 25 de março com meu esposo e minha pequena. Comprei os presentinhos da minha amiga secreta do grupo criado pela Dani Magalhães e aproveitei, já que estava na Fernando Maluhy (paraíso dos tecidos aqui em São Paulo), me presenteei com meio metro de tecido e meio metro de forro.

Dai ontem eu trouxe a máquina de costura da minha mãe aqui pra minha casa.

Conheço várias meninas, super modernas, fofas, descoladas, de "hoje em dia" que costuram e amam fazer isso...por exemplo a Silvana, minha cunhada-irmã, a Inês, minha amiga de infância...e por ai vai.

Tem o site Superziper, que amo de paixão e que já dei uma "namorada" hoje, porque eu sou uma "costureira da minha cabeça" ou como é chique dizer...sou autodidata =) e não custa ter dicas de quem se esforça pra ensinar a gente a fazer melhor o ofício...ainda mais quando se é "costureira interneteira" feito eu e procura de tudo sobre o assunto.

Tô procurando um livro há algum tempo, que todo mundo diz que é o top da costura..."O grande livro da costura". Se alguém quiser me emprestar, vender, trocar, doar, contar onde tem pra vender...estou aqui!!

Conto para vocês o desenrolar dessa minha invenção de moda (minha avó Guilhermina, desde que eu era pequena sempre disse que eu gostava de "inventar moda" - no sentido de sempre inventar alguma coisa pra fazer...sim, sempre fui inquieta com as coisas iguais, sempre quis dar cara nova pro que já estava batido. E não é que ela estava certa! Ou ela me influenciou com essa frase?? rsrs) =)

Beijos, Ci

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Batizado da Maria Luisa + 1a missa

2 comentários:
Oi meninas...lá venho eu...rsrsr. prometi escrever dia sim, dia não, mas quem disse que já consegui fazer isso?

Tem a bebê, o esposo, o blog de moda, a organização da vida profissional e tantas outras coisas...passear tb faz parte. Dai o tempo fica curto pra tanta coisa, né?

Mas quero dividir com vocês um momento muito feliz e especial nas nossas vidas.

No dia 02 desse mês de outubro batizamos a nossa bebê, que vocês já conhecem, a Dona Maria Luisa.



Os padrinhos são a Luciana, minha amiga há quase 20 anos e o Marcus, amigo de infância do Marcelo. Os escolhemos de comum acordo, claro, mas amamos todos nossos outros amigos e no fundo, no fundo todos são tios e tias da nossa Malusica.

Nosso fotógrafo oficial foi o Djair, esposo da Lu, que pacientemente tirou foto de todos os momentos...da missa anterior ao batizado, do batizado e do almoço na casa da minha sogra.

Quero compartilhar com vocês algumas imagens desse dia (ainda preciso colocar em ordem todas as fotos, essas eu "raptei" do facebook da Dinda).

Muito importante lembrar também que a Helena, minha prima-mãe (rsrsr...uma das primas irmãs da minha mãe, que sempre me ajudou muito e na maioria das vezes apoiou minhas maluquices e projetos) é a "madrinha de Maria" da Malu. A "madrinha de Maria" é aquela que consagra o bebê a Maria, mãe de Deus e torna-se responsável a orar pelo bebê para Santa Maria.


E ontem, dia 19 de outubro, foi a comemoração mensal a Santo Expedito, e fomos a missa na Capela Santo expedito do Jaçanã. A missa foi animada com as canções do Brais Oss, missionário e cantor da Canção Nova.

Foi a primeira missa da Malu depois de batizada...e ela, ai gente, nem preciso dizer, "conversou", sorriu pra todo mundo que mexeu com ela na igreja...eu me divirto.

Por enquanto me divirto, mas depois teremos que "cortar" esse costume dela, porque ela é sempre muito simpática com todo mundo, até com quem nã conhece...Taly, quando vai chegar o "momento antipático" dela?? rsrsrs

Santo Expedito, um dos meus santos de devoção.

E sobre a mamãe aqui?! Ai, confesso amigas...me fez muito bem sair de casa, ir a um lugar de oração, dar uma voltinha. Eu estava meio borocoxô e voltei tranquila, em paz novamente =)))

A igreja lotada

Padre Cesar emocionado. Esse padre é o cara! Gosto muito dele. Por sua história e luta de vida.

sábado, 8 de outubro de 2011

Sentadinha + Usando NenêDent + comendo papinhas

5 comentários:
Olhem só essa foto...não é ilusão...rs. Maria Luisa está ficando sentadinha. Nessa foto ela cansou e se esticou nos travesseiros =) Mas ela já fica firme...só que ainda cai pros lados se não tiver apoio. Mas o mais "difícil" ela já está começando fazer.

foto de 20.09.2011

E ela também fica tranquilamente de bruços...isso ela já está fazendo desde 3 meses, mas agora ela tem mais autonomia, firma a cabeça, rola pra ficar de barriga pra cima e vira a cabecinha, como fez nessa foto.

foto de 20.09.2011

Há algum tempo (desde 2 meses e meio) ela está babando muito e tem coçado a gengiva...com o brinquedinho de borracha que fica na cadeirinha de balanço, com a chupeta, com o bico da mamadeira, com as mãozinhas. Dai dia 23.09 compramos o NenêDent e comecei passar na gengivinha dela no dia 24.09, após a mamada. Ela pode estar aflita, coçando, brava, babando...mas é só eu passar o gelzinho na ponta do dedo e ela para tudo e sorri...já deve saber que vem alívio pras gengivas, né? =)

foto de 23.09.2011

E no dia 27.09 compramos as duas primeiras papinhas dela...ainda não fiz em casa, pq não dou diariamente ainda. E dou a papinha apenas no almoço, entre 11h e 13h (dependendo o horário de soneca dela no dia)

foto de 28.09.2011

Comecei dando a papinha salgada e ela comeu bem (claro, com a fralda de boca e um babador no pescoço...rs). Já a papinha doce ela não gostou muito não. Acabei comendo, para não desperdiçar, mais da metade do que coloquei.

Beijo meninas, Ci

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Teste de leites aqui em casa

2 comentários:
Hoje vou falar para vocês sobre nossa experiência com as fórmulas para lactentes, ou mais simples, leite em pó para bebês =)

Primeiramente explico para vocês o porque optamos por dar fórmula a Maria Luisa.

Eu amamentei-a nos três dias que passamos no hospital, quando ela nasceu...chegamos em casa no sábado á noite e meus seios estavam já bastante machucados (isso não é uma regra, meninas, aconteceu comigo).

Marcelo foi a farmácia comprar meu antiinflamatório, que meu GO receitou pós cirurgia cesária.

Como eu não estava conseguindo amamentar a Malu, pedi para ele trazer o NAN (o primeiro que compramos foi o Pro, mas mudamos para o Comfor, que vem com prebióticos que prometem diminuir a cólica)

E assim começamos administrar NAN para a bebê.

Ela estava se dando bem com esse leite, mas meus cunhados recomendaram o BEBELAC que foi muito bom para o filho deles quando era bebê.

A terceira lata que a Maria Luisa tomou foi dessa fórmula, mas para ela não foi bom, ela fez até cocô de bolinha, tadinha...e como ela chorou.

Ficamos nessa única lata de BEBELAC (que não foi bom para ela, mas isso não significa que não seja para outros bebês) da qual aproveitamos apenas a colheirinha (que é melhor que do NAN...rsrs)

Na consulta ao pediatra dela, falei que estavamos dando NAN Pro e ele deixou continuar, só nos orientou mudar para o NAN Comfor (por causa dos prebióticos, que contei pra vocês lá em cima).

E até hoje estamos com ele. Com o NAN 1, que é para bebês de 0 a 6 meses.
Começamos com a lata de 400g, mas como ela se adaptou a ele bem, agora compramos apenas o de 800g todas as vezes.

Faço a mamadeira dela com 120ml e ela mama no peito também (graças a Deus, hoje em dia é um grande prazer e felicidade amamentá-la no peito, sem nenhuma dor...claro, no nosso tempo, do nosso jeito, sem seguir nenhuma ditadura da amamentação exclusiva...cada um com seu cada um).

Maria Luisa mama de 3 em 3 horas, onde eu começo amamentando-a no peito e dai sim complemento com o NAN...agora, ás vezes, ela nem mama todo os 120ml.

Queria compartilhar com vocês nossa experiência com esses leites.

Beijo, Ci

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Nenhum comentário:
Ontem foi o batizado da Maria Luisa. Como muitas de vocês sabem, casei em igreja católica e tenho grande fé em Santo Expedito.

A opção em batizá-la sempre foi algo que eu quis, mesmo antes de ter uma filha, pois sempre aprendi, desde pequena a acreditar em Deus e me guiar por essa fé e que isso é tão grandioso que eu quero que se expanda e proteja aos meus.

Não é nenhuma apologia a fé, mesmo pq eu já conheci outras religiões interessantes e Deus está em todo lugar, nos mínimos detalhes (e já me tirou de cada enrascada, que eu sozinha não teria saído...cada um acredita no que quiser, mas que vale a pena crer Nele, isso não tenho nada de dúvida)