quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Névoa dourada - Palavras de Osho



Antes de se deitar, desligue a luz e sente-se na cama. Feche os olhos, relaxe seu corpo e sinta como se todo o quarto estivesse envolvido por uma névoa dourada. Visualize essa névoa ao seu redor durante um minuto. Em poucos dias você vai perceber que seu quarto se tornará luminoso.

Inspire e sinta a névoa dourada sendo inspirada profundamente em seu coração. Seu coração é apenas uma cavidade sendo preenchida por essa névoa dourada. Quando expirar, sinta-a esvaziando seu coração. Não há nada mais dentro dele.

A névoa dourada enche o coração, seu ser interior, e depois o esvazia - exatamente como a respiração. Com a inspiração, você o preenche; com a expiração, você o esvazia.

Faça isso durante cinco a sete minutos e depois se deite. Mas só durma quando se sentir vazio, nunca quando estiver cheio da névoa dourada. Seu sono será diferente. Você sentirá o vácuo, o nada, o não-ser. E pela manhã será como se você estivesse em outro lugar, como se tivesse desaparecido.

Antes de levantar da cama, sente-se durante cinco minutos e repita o processo. Só levante quando se sentir completamente preenchido com a névoa dourada. Retenha-a dentro de si e saia. Durante todo o dia você sentirá uma energia sutil fluindo.

Ao dormir, esvazie o coração; ao levantar, sinta-se preenchido pela névoa. Viva um dia de plenitude e uma noite de esvaziamento.

A etapa seguinte é deixar que a névoa dourada encha e esvazie seu coração: você é um observador. Não é nem uma coisa nem outra: nem dia nem noite, nem vazio nem plenitude - você é apenas uma testemunha.

Osho, em "Uma Farmácia Para a Alma"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Gostaria de saber o que você pensa sobre o assunto =)