sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

O dia em que eu não fui ás compras...

Hoje cedo, já estava eu em pé, já tinha tomado banho e estava suando ás bicas...

Pra quê? Para sair e procurar um vestido para usar no Natal.

Arrumei a bebê, saimos embaixo de um sol terrível, mas até que estava um ventinho, e fomos encontrar minha madrinha no shopping.

Quando cheguei lá, estava fresquinho, o ar condicionado funcionando...mas acho que ele até parou, porque meia hora depois já estava um calor insuportável, milhares de pessoas caminhando e olhando vitrines.

Eu, lá dentro de uma loja, procurando o tal do vestido, que até achei, mas estava muito caro...até ia comprar, mas olhei bem, deixei lá e fui tomar um café e comprar um salgado numa cafeteria que eu gosto.

Acabei me dando conta de coisas tão óbvias, que fui "forçada" a ver, graças ao calor, ás milhares de pessoas perambulando e parecendo zumbis (na ansia de comprarem e sairem com algumas sacolas lá de dentro) e a minha irritação e dor de cabeça aumentando (dor de cabeça mesmo...fiquei com ela por causa do mormaço lá de dentro, acredita?!)

As coisas óbvias que me vem a cabeça e não me deixam querer voltar atrás só por causa de uma data comemotativa:

1.Não, eu não PRECISO de um vestido...tenho diversos no guarda roupa, inclusive que não preciso pagar mais (um absurdo por eles) e que ainda me servem.

2.Não vai fazer diferença alguma eu estar de vestido, shorts, saia, calça legging...está calor de qualquer forma, em algum momen
to vou querer colocar algo mais fresquinho assim que passar a meia noite (agora pensei, nossa...é mesmo...sempre tive essa coisa da meia noite, esperar a meia noite pra jantar, mostrar pra mim mesma que estou bem vestida no Natal). Ah, essa regra vale pra sapatos novos também...passando a famigerada "MEIA NOITE", eu vou tirar os sapatos, provavelmente com salto e vou colocar um chinelinho qualquer.

3.Mais vale um sorriso realmente feliz, espontâneo, com vontade de ser dado, do que aparecer nas fotos com "a tal roupa que comprei praquele natal". Demorei anos pra perceber,
mas não preciso "correr" no Bom Retiro, no Brás, em qualquer shopping que seja, pra procurar desesperadamente pela roupa perfeita pra eu vestir nessas datas, já que se eu estivesse deprimida e triste (o que não é o caso), elas ficariam "feias" em mim de qualquer jeito.

4.Muita gente compra "o vestido", "o sapato" pra aparecer...pra aparecer pra sogra, pra aparecer pros primos, pra aparecer pra mãe (e provar pra mãe que sabe se vestir, e não veste só mulambos)...essa teoria eu acho que se enquadra bem também na compra de presentes...é aquela coisa do "eu te dei tal presente, como eu sou legal...".

5.Do que adianta eu estar com a "roupa do ano" se eu não quiser estar onde eu estiver. Eu estou bem feliz por poder passar o Natal na casa dos meus sogros, então nem vou mais me preocupar em procurar o tal vestido...olha a diferença...as pessoas são queridas, pouca importância tem como estarei vestida. Eles vão gostar de mim de qualquer jeito. Pena eu não ser duas pessoas, senão estaria muito feliz também passando o Natal na casa da minha mãe e das minhas primas (que é pertinho uma da outra)

E no resumo da ópera, mas me vale meu vestidinho dourado, minha sandalinha bege, meu vestidinho florido, minhas Havaianas com estampa (essas peças as quais já tenho e que gosto de usar) do que tentar adornar a coisa de um jeito errado.

O que eu quero dizer, e que disse nesse post todo é que agora eu tenho uma compleição em mim, sou repleta de algo que não tem em nenhuma prateleira pra vender. Notei que deixei de ser emotiva demais, sensível demais, dependente demais e passei a amar, sem que isso tire parte de mim, sem ser egoísta...e isso me completou.

Por isso que meu ser completo é muito mais do que meu guarda roupa cheio, minha sapateira com os lançamentos do ano.

O "vestido do ano e o sapato"estão em minha alma, porque é isso que reflito para quem me vê, o que sou por dentro...feliz.

Nessa época do ano eu já estaria anotando "os planos para o ano que vem" (e precisaria também "daquela" tal agenda, escolhida a dedo...vinda num kit de adesivinhos, canetas coloridas, postit diferentes..), mas já não preciso mais procurar um namorado (nem agenda, ganhei uma inclusive que customizei e não tem nenhuma melhor em papelaria alguma do mundo), encontrei o amor da minha vida (sem aflições e sem incertezas de adolescente), não preciso ficar "to be or not to be" entre ter ou não um filho (tenho uma filha linda, que resolvi na hora certa e Deus me deu a possibilidade de tê-la).

O que vier é lucro, inclusive minha carreira e o trabalho dos meus planos...nada vem até nós enquanto não estamos preparados, isso já diz tudo.

O dia em qua não fui ás compras foi um dia quente, irritante, com dor de cabeça, mas depois que tudo passou e estou em casa, refletindo e compartilhando isso com você, vejo que foi um dos melhores dias do ano...voltei sem vestido, com o dinheirinho na carteira (que também é um detalhe), mas voltei inteira, completa, eu.

Beijos, Ci

2 comentários:

  1. Oi Ci. Faz tempo que não comento mas este post é adequado ao momento. Desde que a véspera de Natal ficou marcado na minha família de forma triste já não ligava muito pra toda essa loucura. Mas não sei como ontem em casa cheguei a está conclusão também. A roupa nova,mesa farta e gorda e presentes não me traram quem se foi e nem vai me tornar mais feliz. Quem me ama, ama como sou e do jeito que eu estiver. E com certeza o importante vai ser estar todos juntos amanhã rindo, brincando e feliz. E o principal vou fazer ir dar os parabéns e partilhar minha alegria com o verdadeiro Dono da festa. Isso pra mim será Natal. Ah e a roupa será uma que acabei costurando hoje mesmo é ficou a minha cara, única simples e tá confortável.
    Beijos e.Feliz Natal te desejo amanhã kkkk

    ResponderExcluir
  2. ADOREI teu texto, Ci! Muito bom mesmo, delícia de ler e bom para pensar.
    Passei aqui p/ te desejar boas festas, muita paz, lucidez e saúde para 2012!
    Deus nos abençoes, querida!
    Bjus

    ResponderExcluir

Comente! Gostaria de saber o que você pensa sobre o assunto =)