sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Escova manual facial da Belliz

Nenhum comentário:
Dei um pulinho na "Perfumaria Princesa" da Rua São Bento pra comprar shampoo e mais umas coisinhas, dai eis que vejo essa escovinha super bonitinha, manual para o rosto.

Ela é MANUAL, portanto não treme-treme (Clarisonic, que custa em média U$$ 150) ou roda-roda ("Olay Pro X" em média U$$ 30 dolares) como as famosas escovinhas que são vendidas apenas no exterior, mas higiene facial é higiene facial e, pelo menos eu, mesmo guardando no porquinho pra pedir pra algum amigo mandar ou trazer pra mim, não estou com vontade de gastar esses valores por enquanto.
Sim minhazamiga...dá pra sobreviver com uma escovinha manual, ainda mais super bonitinha como essa que comprei.

Custou a belezinha de R$ 6,20.


Ainda não usei, mas as suas cerdas são macias.

Vem assim, nessa caixinha acrílica bonitinha...



 Tem uma "tampinha" acrílica pra proteger as cerdas.


 O cabo tem formato anatômico.


E a cabeça da escova bem que lembra as Top (já vi tb da Sigma, a marca famosa de pincéis, que chama Cleansing & Polish Tool e da Neutrogena, que chama Wave, mas o da Neutrogena não tem escovinha e tem também o da Avon americana, que chama Spa Finder)





Beijo, Ci

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Sombra verde e preta + batom Cereja Berê.

Nenhum comentário:
Comprei hoje a Gloss de novembro, que veio com uma revistinha gratuita de maquiagem.

Como eu estava com o rosto preparado, limpinho, fui tentar a maquiagem com a sombra verde (é, eu sei...não parece verde de jeito nenhum, do jeito que tirei a foto, mas é, acredite...rsrsrs)


Próximo á linha d´água e na parte debaixo do olho passei a sombra verde (que tem fotinho lá embaixo).

Dai na palpebra móvel esfumei com uma sombra preta super baratinha e boa, da marca Erato, que comprei na Goya (uma perfumaria que tem de tudo, adoro!)



Pra delinear usei o delineador em gel que comprei na Le Look, lá da Ladeira Porto Geral, aqui em São Paulo. Dai pra completar, passei o batom Cereja Berê, da "Quem disse, Berenice?" que comprei na loja do Tatuapé.



A sombra verde que passei na parte de dentro dos olhos é essa mais em destaque na foto, a mais clarinha.

A sombra preta que passei na pálpebra móvel...ela é um duo e vem com a cinza, que tb é bonita.


A máscara para cílios é a One by one da Maybelline, que eu já estava usando quando sai de casa (então, sai básica...máscara, blush e batom...fiz o olho na volta)

O blush que usei foi o marrom, de um estojinho da Luis Vance que comprei na 25 de março.


É isso por hoje pessoal, testei jeito novo de maquiagem em mim. É sempre bom fazer antes pra não passar aperto nas festas, passeios e eventos... =)

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

A brejeirice de um país Plus Size...e as lojas que não querem vender!

Um comentário:
Sim, linda menina (e menino)...se você veste a partir do número 44 (no nosso país "cabecinha"), você já é uma integrante do nosso time Plus Size.
E que mal há nisso? Não haveria nenhum, se as lojas de roupas ainda não vivessem no mundo de Alice e achasse que todo mundo vai consumir aquelas "mini" peças nas araras (que ás vezes não servem nem pros Mini e Medium Sizes).

 O discurso do "seu rosto é tão bonito" não cabe mais sozinho...emagrecer ou não é uma decisão pessoal, não estou falando isso...o que estou falando é que, não adianta rosto bonitos se não existe esse respeito da indústria fabril pra nós que esbanjamos nosso charme Plus...rsrsrs.

Sempre vesti 46 e depois que tive minha filha fui pro 50. Sou do tipo que se sente feliz sendo 46 e estou atrás desse objetivo (eu me sinto melhor assim, não é uma lei, nem estou falando que as pessoas precisam emagrecer...claro, só precisam se o peso estiver afetando sua saúde, dai é outra coisa). 

Mas veja só, mesmo eu querendo emagrecer, indo pra academia etc etc, não tenho a ambição e nem vontade alguma de ter o corpinho de cano pvc da Giselle Bundchen.


 Esse post é pra falar o que acho do Plus Size (gordinhas e gordinhos) super famoso hoje em dia, mas também pra reclamar de uma das lojas mais famosas de fast fashion...

Comentei no Twitter, mas quis falar aqui...a C&A me decepcionou com seus vestidos do "Fim de Semana Abusado".



Os vestidos eram lindos, com diversas cores, super na moda, mas...não serviam nem pra uma prima minha que é mignon e veste no máximo 40. pelo menos não os da C&A do Center Norte.

Ai...nem é protesto, é só reclamação mesmo...não tenho muita paciência pra mimimi.

É só aquela coisa...meninas...sejam vocês mignonzinhas, magrelinhas, plus, normal...sejamos felizes, né minha gente! (dane-se, em alto e bom som, quem ainda enche o saco por qualquer piadinha que a gente mesmo faça sobre nosso peso, que faça piadinhas com nosso peso, que encha o saco com o que a gente come ou não - no meu caso nem como muito, a gordura se instalou no meu corpo...rsrsrs...mas vou expulsá-la)

E lojas (C&A ou qualquer outra)...sinceramente, não acho que vocês queiram mesmo vender...as meninas, lindas, inteligentes e um monte de adjetivos, querem comprar e se sentir bem na roupa...não um "colchão amarrado pelo meio" como dizia minha avó. Se vocês quisessem vender e bem, fariam roupas que servem em pessoas com corpos de verdade e não só nas manequin das suas vitrines.

Não nos trate como ET´s, fazendo partes especiais nas lojas, escritas "Especial pra você"...isso não ajuda.

Beijo, Ci