sábado, 16 de fevereiro de 2013

O gosto da gente

Estava agora pouco assistindo o Lulu Santos no programa do Ronnie Vonn (por causa do Lulu, um dos atistas/banda que eu amo desde sempre).



E pensei em diversos artistas que não gosto, inclusive bem famosos, adorados por uma quase unanimidade (levantando minha mãozinha...menos eu). Uma banda super famosa de rock daqui do Brasil, por exemplo, eu não suporto (não vou citar o nome, pra ninguém me encher a paciência. o post é um pensamento meu, não pra causar brigas) mas tem gente que compra cd, dvd e tudo mais até hoje...e também uma cantora de axé que muita gente gosta, mas que eu acho sem sal, sem açúcar e nem palmito (quem dizia isso era minha vó). Não é a que começa com a letra I, só digo isso, porque essa eu gosto demais...rsrsrs. Tem time, comida e por ai vai...

Por falar nela, minha avó gostava, por exemplo, do Dick Farney (que eu tb gosto bastante, dá uma procurada no Youtube pela música "Alguém como tu", super romântica), do Nelson Gonçalves, do Agnaldo Timóteo...coisas de avó, porque são do tempo dela (e que me alcançaram), mas mesmo sendo do tempo dela, de muito artista ela não gostava.

Dos meus gostos "antiguinhos", vovó gostava do Luiz Miguel cantando boleros (eu gosto dele cantando pop ou bolero). Sinto de leve (porque tenho saudade, mas a gente não pode impedir que as pessoas evoluam, se é que existe essa etapa) ela não ter tido tempo de conhecer Michael Bublé melhor, ia se apaixonar.

O que eu queria dizer nesse post é que, mesmo sendo contemporâneos, determinadas músicas e artistas agradam a certas pessoas e não a outras. Achar que todo mundo é obrigado a gostar do que a gente gosta ou querer "entuchar" esse gosto sem a pessoa dar a entender que pode gostar, é demais.

E me deu vontade de escrever também sobre esse assunto, assistindo o próprio Ronnie Von, que diz gostar de tudo, todo mundo é lindo, toda música é excelente...isso é ser gentleman ou puxar o saco das "unanimidades"? Significa?

Dizia um de meus escritores favoritos, que também era jornalista, Nelson Rodrigues: "Toda unanimidade é burra"

Já Sofocleto, um poeta peruano dizia que "A unanimidade é a opinião daquele que manda"

Será? Manda em quem ou em quê?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Gostaria de saber o que você pensa sobre o assunto =)