sexta-feira, 27 de junho de 2014

6 anos do Douceur de Mon Monde!

Nenhum comentário:
Antes de ontem esse meu blog, que vos fala, completou 6 anos de existência (e sobrevivência).




Milhões de vezes eu quis parar de escrevê-lo, já quis unificar o de moda com ele (às vezes ainda penso nisso) e por ai vai...por isso a sobrevivência. 

 Cliquei nos primeiros post´s e eles me revelam uma pessoa numa fase bem interessante de mudança, de renovação pessoal, de resgate de amor próprio. Meu jeito de escrever acho que não mudou muito. 

Talvez um aprimoramento, por força do hábito e da profissão, mas nada berrante, algo que eu não me conhecesse. 

O que me chamou atenção foram os post´s super subliminares, que pra mim, naquela época faziam sentido. Tive que pensar muito pra saber de quem eu estava falando, às vezes...rs 

Em 2008 nasceu meu blog, nasceu uma nova Cintya (transformação profunda que começou em Peruíbe, nas férias com a Luciana e a Dona Ana e na passagem de ano em Sorocaba, na casa da Daniela) e também conheci meu esposo. 

Em 6 anos eu fiz uma reforma no meu currículo, no meu relacionamento, no meu estado civil, nas minhas amizades, na vida...casei, tive filha, completei a Pós, tanta, tanta coisa. Esse review é tão gostoso (e necessário) como rasgar papel velho e ver que o que sobrou é o que vale à pena, é o que ficou e o que tem se fortalecido. 

Esse post é para não passar em branco o momento =) até esqueci de escrever sobre o assunto no dia 24.06, porque muita coisa aconteceu nessas últimas semanas, não na prática, mas muitas emoções (um acontecimento triste foi a perda da avó do meu esposo na semana passada). 

Daí na corrida da vida, acabei não escrevendo sobre o meu companheirinho de aventuras, o meu blog "Douceur de Mon Monde", que começou com outro nome, ganhou esse nome francês pra evitar ser encontrado por "personas non gratas" e o nome ficou, porque também tem um traço da minha personalidade, da doçura (ou nem sempre) do meu mundo. 

 P.S.: Acabei de pensar nisso...sobre o "doçura (ou nem sempre)", se isso ainda combina comigo. Já fui bem "garota-enxaqueca"...rs, mas faço cara de paisagem pra muita coisa hoje em dia. Estou ocupada com outras coisas, ser mãe, ser esposa, ser estudante...daí o tempo que sobra, guardo com doçura pra encarar a vidona.

Beijo, Ci