CONVOCATÓRIA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA CASA JUISI 2015

*Apenas artistas de fora do estado de São Paulo podem se inscrever.

Agora o projeto abre espaço para profissionais da moda, da arquitetura e das artes. A ideia é apresentar ao público uma nova perspectiva do diálogo entre moda e arte. 



INCRIÇÕES ONLINE ATÉ 05 DE ABRIL

Residência CASA JUISI é um projeto realizado com o apoio do Rumos Itaú Cultural 2013-2014. O projeto conta com o Phosphorus como parceiro, espaço independente que realiza residências artísticas desde 2012.
O programa de residência é uma nova atividade da CASA JUISI que desde 2003 atua como loja de peças vintage, locação de figurino, acervo e pesquisa da história da moda brasileira.

O diferencial dessa residência é o artista estar imerso em um dos maiores acervos de moda do Brasil. O acervo Casa Juisi, além da diversidade, estimula inúmeras possibilidades artísticas: conceituais, formais, criativas, lúdicas e poéticas. Nessa etapa um artista será convidado e outro selecionado. O artista convidado já possui um diálogo efetivo entre arte e moda em sua produção, por isso acreditamos na importância de sua participação para o compartilhamento de experiências. Apenas artistas de fora do estado de São Paulo podem se inscrever.



O objetivo principal do programa de residência é valorizar o capital imaterial que cada artista tem, oferecendo possibilidades de compartilhamento de produção de conhecimento a partir da experiência de estar em contato com um acervo de moda vintage de 30 mil peças.

Além disso valorizamos a relação com o externo: o centro da cidade. Os artistas são contaminados nas suas relações com o entorno urbano, com o sítio histórico e suas memórias, com a arquitetura da casa (de grande relevância histórica) e seu campo simbólico. O intuito da residência é incentivar que artistas visuais dialoguem com questões presentes no acervo: o têxtil (roupas), aviamentos (costura, linhas) ou que tenham interesse em explorar esse universo de diversas formas.

IMPORTANTE: Portfólios para desenvolvimento de roupas ou coleções serão desclassificados. Além da ocupação do espaço da CASA JUISI o programa irá acentuar a parceria com o Phosphorus, localizado no mesmo imóvel, situado no centro histórico de São Paulo (edifício que abrigou o primeiro Cartório da cidade, entre o Pátio do Colégio e a Praça da Sé). O Phosphorus é um espaço para experimentação artística, voltado para as práticas contemporâneas que tem como idealizadora Maria Montero. Os eventos desenvolvidos serão de natureza pública, na medida em que todo o espaço do edifício está aberto a visitação.

A convocatória e ficha de inscrição podem ser baixadas no site http://phosphorus.art.br  (veja a aba convocatória).

Os inscritos serão avaliados por uma comissão de seleção composta por uma banca de análise formada pelos representantes da Casa Juisi, Simone Pokropp e Júnior Guarnieri, Maria Montero do Phosphorus e outros quatro membros que serão divulgados em momento oportuno. Participarão dois artistas, sendo um convidado pela curadoria Casa Juisi Phosphorus, e um artista selecionado através desse edital. A residência terá a duração de dois meses e meio.

A CASA JUISI oferecerá moradia e em apartamento no centro de São Paulo e passagem da cidade de origem, o artista receberá uma quantia de R$ 5.000,00 a ser pago em duas parcelas de R$ 2.500,00 cada, uma no início da residência e outra após 30 dias. A CASA JUISI não arcará com os custos eventuais e despesas médicas dos artistas selecionados.

Inscrições:
Até 05 de Abril.
Resultado: 20 de Abril.
Residência: 08 de Maio a 27 de Junho.
Exposição: 28 de Junho a 12 de Julho.
Crédito: FELIPE MOROZINI

Comentários